A Maldição da Sétima Lua (“Seventh Moon”, EUA, 2008) ***INÉDITO NO BRASIL***

Genre :

[youtube Zfjjh8R5Yqc]

Eduardo Sanchez, o cara que cometeu “A Bruxa de Blair” e o fraco, “Aterrorizados“. Pode-se dizer, portanto que agora ele fez o melhor filme de sua carreira. O que não significa tanto, mas é uma evolução sansível.

A delicinha Amy Smart de “Espelhos do Medo” é Melissa vai passar lua de mel com seu marido meio babaca Yul, na China. Voltando de taxi, o motorista se perde e pára num vilarejo abandonado no meio da estrada. Lá, eles se vêem às voltas com estranhas criaturas e tem que dar um jeito de escapar com vida.

Todo terror que se passa no oriente tem a vantagem de ter suas próprias leis, o que as torna, apesar de estranhas, mais palatáveis para o espectador ocidental que não tem como se guiar pelas convenções de Hollywood. E Sanchez usa isso a seu favor. Ele continua a usar a câmera na mão como fez no podre “A Bruxa de Blair“, mas também como foi feito no ótimo e comentado há alguns dias “O Casamento de Rachel“. Aqui com um primor maior, talvez por ter um melhor domínio na filmagem em terceira pessoa, ele acerta por inicialmente desfocar a imagem das criaturas, num crescente de tensão entre os nossos heróis.

A tal lenda chinesa que dá o mote da trama faz sentido e só tem um erro, o qual não dá pra comentar aqui com risco de entregar parte importante da história*. Lógico que os mais atentos vão acertar qual a incoerência da lenda no último ato. Há alguns pontos a melhorar como a demora que se passa com os personagens fugindo a esmo e algumas situações claramente impostas para que esse tempo seja ainda mais longo.

A Maldição da Sétima Lua“, entre erros e acertos (destaque para a cena da caverna) é uma grata surpresa aos fãs de filme de terror e merece uma conferida. Agora é torcer para Eduardo Sanchez se aprimorar ainda mais e seguir essa linha.

*Quem quiser saber mais sobre qual a incoerência da trama, comente que eu envio e-mail com a resposta.

[rating:3]


Ficha Técnica

Elenco:
Tim Chiou
Amy Smart
Dennis Chan

Direção:
Eduardo Sanchez

Produção:
Matt Compton
Robin Cowie
Gregg Hale

Fotografia:
Lam Wah-chuen

Trilha Sonora:
Antonio Cora
Kent Sparling

 

4 Comments

Leave us a comment

  • saullo
    on

    muleki, gosto quando rola essa “mistura” de orientais com ocidentais, é como se, nem, ficasse só nos cliches do ocidente e nem só na doidice do oriente.

    esse filme ae pareceu ser foda. vou assistir com certeza, e comentar depois, claro! ^^

    ps: bruxa de blair é bom p caraleo!! =P

  • Martins
    on

    Nao vi o filme ainda, poderia me contactar por email para eu prestar atenção na “incoerência da trama”

    sds

    Kauan Martins

  • Gui
    on

    Não saquei qual a tal “incoerência da trama”.
    Fico agradecido se mandar um email explicando..

  • murilo
    on

    Eu gostaria de saber qual a incoerencia

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑