A Toda Prova (“Haywire”, EUA / Irlanda, 2012) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

É uma espécie de trilogia “Onze Homens e Um Segredo”, só que sem uma história valha um longa metragem. Steven Soderbergh foi à risca no jargão comercial americano “It’s all about style” (Tudo é o estilo) e copiou ipsis litteris a estética do filme protagonizado por George Clooney, incluindo a trilha sonora do mesmo compositor David Holmes, e colou neste thriller de espionagem onde a lutadora de MMA Gina Carano faz sua estreia no cinema como uma agente que é traída por sua equipe e parte pra vingança. Sim, se você acha que já viu um filme assim, na verdade já viu vários.

Com a trama mais batida que milkshake de ovomaltine, o diretor aposta suas fichas no carisma da protagonista, na equipe de astros que sempre consegue arregimentar mesmo que seja pra alegrar baile de debutantes, e em seu estilo único como num misto de policiais dos anos 70 com o design de produção atual. Quanto a Gina Carano, ela até é um acerto. Além de ser linda, tem presença de câmera e mesmo que o papel não exija tanto dela, consegue se sair bem para uma estréia onde tantos lutadores e brutamontes já fracassaram.

Quanto ao time A de Hollywood, sempre é interessante ver que eles parecem estar se divertindo, seja Ewan McGregor (“Toda Forma de Amor”), Antonio Banderas (“A Pele que Habito”) ou até Michael Fassbender (“Jane Eyre”) tomando porrada de Carano. Infelizmente no quesito estilo, a produção desmorona. Não pela estética em si, pois Soderbergh é craque com a câmera e com os atores. Mas pelo fato de ter esquecido a lição primordial de que não adianta um cuidado com a forma se a narrativa deixa a desejar. Com apenas um fiapo de história, o diretor precisou alongar muitas cenas, chegando a um nível de saturação que ultrapassa até a paciência mais flexível e sem a mínima condição de dar a desculpa de que a obra é uma mistura de cinema comercial e arte. Principalmente as cenas de perseguição, onde tenta disfarçar com montagens inúteis ou jogando a trilha sonora num volume mais alto. Tudo isso pra alcançar no limite a margem de uma hora e meia de projeção.

Analisando friamente a história, “A Toda Prova” daria um excelente curta-metragem de no máximo 70 minutos. Tem tudo, menos história.
[rating:2.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Gina Carano
Channing Tatum
Michael Douglas
Antonio Banderas
Ewan McGregor
Julian Alcaraz
Aaron Cohen
Maximino Arciniega
Anthony Brandon Wong
Michael Fassbender
Karl Shiels
Mathieu Kassovitz
Bill Paxton
Michael Angarano

Direção:
Steven Soderbergh

Produção:
Gregory Jacobs

Fotografia:
Steven Soderbergh

Trilha Sonora:
David Holmes

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Jean Rocha
    on

    Acabei de assistí-lo. Devo dizer única coisa que ficou bom neste filme foi a perfomance de Gina Carano. Gina mostra impresionante condicionamento físico. As lutas ficaram bem dinamica. Mas o resto do filme, uma porcaria.

    Poderia colocar manequins no lugar de Antonio banderas e Michael Douglas que não faria a menor diferença no filme de tão imprestável a narrativa é.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑