Alexandria (“Agora”, Espanha, 2009)

Genre : ,

A nova película do craque espanhol Alejandro Amenábar sai do sobrenatural “Os Outros“, sai do premiado drama intimista “Mar Adentro” para a Alexandria, pouco depois da revolução cristã. Lá vive Hypatia (Rachel Weisz de “Vigaristas“), colegiada e filha do diretor da universidade, ela ensina os jovens da cidade, além de ser uma renomada astrônoma. Ela é assediada de forma quase imperceptível pelo seu escravo Davus (Max Minghella de “Um Louco Apaixonado“) e de maneira nada discreta pelo influente aluno Orestes (Oscar Isaac de “Robin Hood“).

Enquanto ela nega o amor de Orestes e nem se dá conta do sentimento de Davus, dedicando-se aos seus estudos sobre o movimento da Terra, do sol e dos outros planetas, o conflito entre a religião pagã (até então dominante) e o emergente catolicismo está prestes a eclodir e mudar o cenário político e social da metrópole. A situação fica ainda mais delicada quando a migração judia também se instala e decide tomar terreno, o que vai mudar para sempre a vida dos três protagonistas.

Com uma reconstituição de época impecável, o diretor dá uma belíssima e didática aula de história, tanto sobre as religiões, quanto sobre ciência. Logicamente ele toma certas liberdades criativas que podem cansar o espectador (vai ter gente gritando para Hypatia que a Terra gira em torno do sol de forma elíptica), mas que não tira o foco da magia da descoberta daqueles seres que ainda acreditavam na teoria do heliocentrismo. Seus longos travelings que vão do espaço sideral a ágora são de tirar o fôlego (pra quem não sabe, ágora era o local onde a assembléia se reunia).

Weisz continua apaixonante e acerta em cheio em seu papel contido; Isaac impressiona na forma dramática, assim como seu personagem em “Robin Hood” funciona como alívio cômico; e Minghella surpreende como o escravo que vai de prisioneiro a agressor e mesmo nessa metamorfose carrega seu amor por Hypatia, o que os levarão a um desfecho inesquecível.

Com a técnica apurada, uma história bem contada e um elenco comprometido, Ágora investe seus 126 minutos numa experiência que rivaliza com qualquer épico passado nos cinemas. E talvez até mais profunda que estes. O bom cinéfilo não vai se arrepender.

[rating:4]


Ficha Técnica

Elenco:
Rachel Weisz
Max Minghella
Oscar Isaac
Ashraf Barhom
Michael Lonsdale
Rupert Evans
Homayoun Ershadi
Sami Samir
Richard Durden
Omar Mostafa
Oshri Cohen
Yousef Sweid

Direção:
Alejandro Amenábar

Produção:
Alvaro Augustin
Fernando Bovaira

Fotografia:
Xavi Giménez

Trilha Sonora:
Dario Marianelli

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑