Alma Diabólica (“Dark Floors”, Islândia / Finlândia / EUA, 2008)

Genre :

[youtube ALf–XqkRiI]

Parece saído de um episódio do antigo “Além da Imaginação“: seis pessoas ficam presas num elevador de hospital e, depois que a porta se abre, tudo está vazio e parece que o tempo parou, como se estivessem em outra dimensão. Eles então devem se manter vivos, lutando com diversas criaturas e resolver o enigma de como escapar. Tudo indica que o mistério tem relação com uma menina presa numa cadeira de rodas junto com o grupo.

Apesar de ser uma produção B, seu roteiro é intrigante e sabe muito bem deixa o espectador tenso, principalmente quando os personagens descobrem o quão encrencados estão. Efeitos especiais até que honestos não fazem feio, principalmente a partir do segundo ato. Os atores, apesar de incorporarem personagens um tanto clichês, dão tudo de si e parecem naturais (o que não é fácil, vide produções picaretas do gênero).

Mas o que mata o filme (sem trocadilhos) é a sua resolução. Na verdade não há uma resolução. O desfecho é sem pé nem cabeça e não explica absolutamente nada (pior que alguns de “Além da Imaginação” também eram assim). E é tão ruim que acaba por esmorecer todo o esforço feito ao longo da projeção. Um desperdício de boas idéias, mas que mesmo assim vale dar uma olhada.

[rating:2.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Skye Bennett
Noah Huntley
Dominique McElligott
Leon Herbert
William Hope

Direção:
Pete Riski

Produção:
Markus Selin

Fotografia:
Jean-Noël Mustonen

Trilha Sonora:
Ville Riipa

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑