Amor Sem Escalas (“Up in the Air”, EUA, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

[youtube zkAr0FBHC7Y]

Histórias de um homem que vive uma vida descompromissada e começa a rever seus conceitos quando conhece uma mulher especial, não é novidade no cinema. A maneira como esse enredo pode ser mostrado é que pode ser original. Talvez por essa originalidade que “Amor Sem Escalas” tenha vencido o Globo de Ouro de melhor roteiro em 2010.

O diretor Jason Reitman de “Juno” volta com mais uma interessante narrativa sobre Ryan (George Clooney de “Queime Depois de Ler“), um executivo que trabalha numa empresa especializada em redução de quadro de outras empresas, isto é, ela demite pessoas. Seu principal passatempo é acumular milhas aéreas pelo trabalho indo a várias empresas nos EUA levar a má notícia a alguns de seus funcionários. Nunca quis se aproximar da família e seus relacionamentos resumem-se em flertes que acabam na cama. Seu estilo de vida é ameaçado quando uma nova contratada Natalie (Anna Kendrick da saga “Crepúsculo“) implanta um sistema de demissão a distância onde seus funcionários não precisariam mais viajar. Contrariado, Ryan embarca com ela numa série de viagens para provar que ela está errada enquanto se envolve com Alex (Vera Farmiga de “A Órfã“), uma misteriosa e atraente mulher que irá despertar sentimentos que nosso herói nunca teve.

Reitman imprime um ritmo e clima muito semelhante ao de “Juno” equilibrando de maneira fluida, drama, comédia e romance, sem que haja confusão na cabeça do espectador. Chama seus amigos de seu filme anterior para pontas rápidas, porém significativas como J.K. Simmons e Jason Bateman, entre outros, os quais dão uma certa credibilidade e harmonia no time de coadjuvantes. Clooney e Farmiga produzem uma ótima química e ele ainda continua como o galã presença de Hollywood, mesmo que a idade já tenha produzido algumas marcas. Mas o destaque vai para a Anna Kendrick numa performance excepcional que consegue ir da comédia ao drama, do discreto ao propositalmente caricato com um carisma e sinceridade que devem conquistar o público.

Com seu desfecho emblemático e emocionante, “Amor Sem Escalas” foge (por pouco) dos clichês do gênero e abraça a uma redenção tardia com seuas respectivas conseqüências. Ideal para quem quer ver algo bem mais profundo que as comédias românticas rasas lançadas ultimamente.

[rating:4]


Ficha Técnica

Elenco:
George Clooney
Vera Farmiga
Anna Kendrick
Jason Bateman
Amy Morton
Melanie Lynskey
J.K. Simmons
Sam Elliott
Danny McBride
Zach Galifianakis

Direção:
Jason Reitman

Produção:
Jeffrey Clifford
Daniel Dubiecki
Ivan Reitman
Jason Reitman

Fotografia:
Eric Steelberg

Trilha Sonora:
Rolfe Kent

 

1 Comment

Leave us a comment

  • [email protected]
    on

    AMOR SEM LIMITES
    24/1/2010

    Não é um filme como qualquer outro. A mensagem é a mostruosidade de alguém empregado a desempregar ! É, pois, a crítica à crise estrutural do capital. O engajamento desgasta a história porque ela está inserida numa sociedade capitalista. Não se percebe que inova a introspecção de uma maioria alienada e que precisa saber o valor do trabalho em seu antagonismo com o capital. Devemos aplaudir “Up in the Air”, porque aterra finalmente. Toca a realidade. Não há tal vocação.

    Fernando Neto

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑