Anamorph – A Arte de Matar (“Anamorph”, EUA, 2007)

Genre :

[youtube ayvIxctoJkc]

O Duende Verde Willen Dafoe é um policial com transtorno obsessivo compulsivo e se vê às voltas com um psicopata que utiliza um método semelhante ao de outro serial killer que supostamente teria sido morto pelo policial há cinco anos. Muito mais que achar o assassino é descobrir se o policial matou a pessoa certa no passado.

Parecido com “Se7en – Os Sete Pecados Capitais” em especial na sua violência gráfica, “Anamorph” começa muito bem, mas vai se perdendo aos poucos. Apesar do desempenho sempre acima da média de Defoe, o roteiro deixa tantas lacunas que no final não se sabe exatamente o que aconteceu. Era o mesmo assassino? O policial tinha alguma ligação maior com o caso? Essas e muitas outras perguntas jamais serão respondidas e chega a ser inacreditável quando o expectador se percebe olhando os créditos finais. Parece que interromperam o filme dez minutos antes de terminar.

[rating:1.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Willem Dafoe
Scott Speedman
Clea Duvall
James Rebhorn
Peter Stormare

Direção:
H.S. Miller

Produção:
Marissa McMahon

Fotografia:
Fred Murphy
Lacey Terrell

Trilha Sonora:
Reinhold Heil
Johnny Klimek

 

3 Comments

Leave us a comment

  • Rafael
    on

    Obrigado pelo spoiler! Em um parágrafo você consegue contar exatamente o que teria mais graça (ou não) no final, a surpresa, a indignação que fosse. Tá anotado aqui nos favoritos (por falta de um “odiados”) esse cinecrítica. E inclusive vou avisar por Twitter alguns amigos que também sempre procuram resenhas antes de alugar os filmes: cuidado com um tal cinecríticas.com, o site é spoiler.

    Obrigado novamente por ter estragado a minha futura assistida ao filme, que no caso, seria agora, mas broxei. Francamente…

  • saullo
    on

    caraca…esse muleki ficou chateado de verdade, em. deu até pena dessa criatura.

    mas também…cê é foda, aldo, q q cê tem q contar o final do filme p menino, coitado

    =P

  • Lili
    on

    Uéé, acho que a sua cópia do filme estava com defeito; o filme terminou no momento certo e não remanesceram dúvidas de quem realmente era o assassino. Achei o filme bem legal, na minha ótica (anamorfismo = diferentes formas de se ver a arte).

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑