Anjos da Lei (“21 Jump Street”, EUA, 2012) ***NOS CINEMAS***

Genre : , ,

Esse pessoal pensa que pode pegar algo que foi feito nos anos 80, dar uma repaginada e lançar agora, achando que ninguém vai perceber”. Essa frase não fui eu que disse, mas sim um dos personagens desse remake dá série de grande sucesso no Brasil nos anos 80 chamada “Anjos da Lei” (nada a ver com o título original) e embalada pela ótima Always on my Mind do Pet Shop Boys, que na verdade foi uma escolha da Rede Globo e nunca fez parte da trilha do original.

O que mais chama atenção nessa produção, além dos diálogos muito inteligentes, politicamente incorretos e provocadores, é a capacidade que tem de autodepreciação, transformando-se em algo mais engraçado ainda, recurso por sinal usado bastante em shows de stand up comedy. Jonah Hill (“Cyrus”) e Channing Tatum (“A Toda Prova”) estudaram na mesma escola e não poderiam ser mais diferentes: o primeiro um nerd tímido e desarticulado; o outro um brutamontes burro como uma porta. Anos depois, nos testes para entrar na polícia ambos percebem que podem se complementar e se tornam grandes amigos. Como só fazem besteira são enviados para o programa Anjos da Lei que há pouco foi reativado (e é do ex-comandante deles a citação com a qual começo essa crítica). Então eles se disfarçam de alunos e vão para uma escola tentar desbaratar uma quadrilha de traficantes de uma nova droga sintética. Lógico que eles vão fazer todas as idiotices possíveis e imagináveis.

O roteiro escrito pelo próprio Hill, pega todos os clichês do gênero e vira de cabeça pra baixo. A começar pelo novo comandante – Ice Cube de “Primeiro Domingo” – que se diz ser um próprio clichê, sendo negro, mal humorado e que só faz gritar com seus funcionários. Além disso há fartas doses do tipo de comédia non sense como na cena em que a dupla de heróis estão drogadas conversando com um professor, a impagável cena do Jesus Coreano ou os caminhões cheios de combustível que não explodem. Também não faltam gags físicas, completando praticamente todos os elementos que uma comédia poderia abraçar. Inclusive grande parte do humor é acentuado pela boa engenharia de som e pela trilha de Mark Mothersbaugh (“Fanboys“)

A química da dupla Hill e Tatum é ótima, sendo que este último mostra um timing comigo irrepreensível rivalizando com Hill que é humorista de longa data. As referências com a série original e os próprios anos 80 estão todas lá para alegria do público acima dos trinta anos. E se alguém perguntar se Johnny Depp, o qual iniciou sua carreira em Anjos da Lei em 1987, participa desse longa, adivinha a resposta? Destaque para a cena do tiroteio onde na TV está passando um dos episódios da série original.

A versão cinematográfica de “Anjos da Lei” acertou em todos os pontos, é de se acabar de tanto rir, pode ser visto por quem nunca viu a série original, mas ainda assim respeita o seriado que como a música do Pet Shop Boys na abertura da Globo, ficou Always on my mind.
[rating:4]

Ficha Técnica

Elenco:
Jonah Hill
Channing Tatum
Brie Larson
Dave Franco
Rob Riggle
DeRay Davis
Ice Cube
Dax Flame
Chris Parnell
Peter DeLuise
Johnny Depp
Richard Grieco

Direção:
Phil Lord
Chris Miller

Produção:
Stephen J. Cannell
Neal H. Moritz

Fotografia:
Barry Peterson

Trilha Sonora:
Mark Mothersbaugh

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑