Arraste-me para o Inferno (“Drag Me to Hell”, EUA, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre :

[youtube Ca1JPxDs-FY]

Há tempos que a expressão “voltar às origens” não ganha um significado tão forte. Sam Raimi, agora muito mais conhecido pela sua fantástica trilogia do “Homem-Aranha” volta ao gênero que lhe deu notoriedade e transformou em cult “A Morte do Demônio” em 1983. O roteiro foi escrito na época da terceira parte da trilogia “Uma Noite Alucinante“, do qual o filme citado anteriormente é a primeira parte. Tanto é que ele fez questão que a logomarca da Universal Pictures exibida no início fosse a mesma da década de 80.

Alison Lohman (“Delírios“) é uma analista de crédito que em busca de uma melhor posição nega um empréstimo para uma idosa cigana. É motivo para que a velha jogue a maldição da lâmia, um espírito que literalmente arrasta a pessoa para o inferno em três dias. Inicialmente incrédula, a protagonista começa a temer pela sua vida a partir de estranhos acontecimentos sobrenaturais e então percebe que o seu tempo está se esgotando. Junto com seu marido (Justin Long de “Ele Não Está Tão a Fim de Você“) e um médium, tentam de tudo para acabar com a maldição.

Raimi incrivelmente repete todos os trejeitos de seus filmes de terror anteriores (com exceção do fraco “O Dom da Premonição“) fazendo algo que se leva a sério, mas não deixa de conter situações absurdas de tal forma que a platéia pode soltar alguns risos. Tal qual Ashley em “Uma Noite Alucinante” lutava com sua própria mão com resultados tão cômicos quanto trágicos, aqui nossa heroína se especializa em engolir todo tipo de gosta e excremento – minhoca, olhos, lama, formol e outros fluídos – nas mais variadas situações chegando a ser hilário em alguns momentos. E o que dizer da cena da cabra possuída (o que remete totalmente para “A Morte do Demônio”)?

Agora uma coisa é certa: como esse tipo de terror há muito não é mais feito, talvez o público não se agrade muito, achando que foi assistir uma comédia no lugar de terror, até por conta do final de certa forma abrupto, mas mesmo assim com uma surpresa muito, digamos, charmosa. Se estivéssemos há 20 anos atrás, diria que “Arrasta-me para o Inferno” é imperdível. Em pleno ano de 2009, posso dizer que é um filme de terror bem acima da média, mas que o expectador deve assistir despido de certos preconceitos adquiridos nos últimos tempos.

[rating:3.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Alison Lohman
Justin Long
Lorna Raver
Dileep Rao
David Paymer
Adriana Barraza
Chelcie Ross
Reggie Lee

Direção:
Sam Raimi

Produção:
Grant Curtis
Sam Raimi
Robert G. Tapert

Fotografia:
Peter Deming

Trilha Sonora:
Christopher Young

 

2 Comments

Leave us a comment

  • saullo
    on

    muleki, eu vi esse filme, muito massa, ri p carai XD
    a cabra falando foi fooooooda uahsuahsauhsaush
    muito gatinha a mina perseguida pelo capeta, e ela trabalha legal até.
    cara…o final é muito doido. o filme poderia até ser uma merda q com esse final ele seria salvo.

    nao sei se vc viu um filme de um cara q era gordo e uma cigana jogou uma praga e tals p ele ficar magro e ele começou a secar do dia p noite, acho q deve ter visto, pois é, parece q estava vendo o mesmo filme, tipo…achei tudo muito parecido, apesar de ser diferente, talvez até por isso eu tenha gostado tanto desse aqui, pq o outro marcou a minha adolescencia.

  • Daniel BzRRA
    on

    Concordo com vocês dois ( saullo e Aldo ). O filme foi feito na decada errada si fosse feito nos anos 90 ou 80 seria um classico. E eu já vi esse filme que saullo esta dizendo, lembrou bastante mesmo.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑