Atividade Paranormal (“Paranormal Activity”, EUA, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre :

[youtube krIZus-sIW4]

Atividade Paranormal” bateu o recorde de lucratividade numa estréia nos EUA que antes era de “A Bruxa de Blair“. Não é coincidência que os dois filmes tenham sido feitos da mesma forma, com um custo baratíssimo (nesse caso 11 mil dólares), arrecadando milhões (aqui, mais precisamente 9 milhões de dólares). Ambos têm outra coisa em comum: são muito, mas muito ruins e teve o marketing informal como o pilar pra atrair tanta gente.

Atividade Paranormal” lembra muito aquele programa do Discovery Channel onde se contam casos de experiências sobrenaturais. Aqui um casal decide documentar esses eventos com uma câmera própria, os quais podem estar interligados com a esposa Katie (o nome dos personagens e dos atores são os mesmos). Os eventos se tornam mais intensos e o imbecil do marido, Micah, ao invés de procurar ajuda especializada quer tentar controlar tudo sozinho.

Primeiro que esse cara é um pé no saco. Aliás, eu estava numa torcida pessoal para que ele morresse logo. Segundo que metade das melhores cenas (leia-se os sustos) está no trailer – e estamos falando de um trailer de 1.44 minutos. Isto é, tirando quase 5 minutos de sustos, o resto é pura enrolação. E enrolação com o propósito de fazer o expectador acreditar que aquilo é o cotidiano do casal e que tudo é verdade. O próprio crescente da tensão (se é que há uma) é feito de maneira esquemática, no contar das noites e ainda usa clichês como falsos sustos.

O final, abrupto e tosco quanto o da Bruxa de Blair soa tão artificial quando uma nota de três reais, mas dá aquele sustinho básico. Poucos sustos, sem explicação pra nada, pelo menos um dos atores chatíssimo e cenas descartáveis, descambam para uma das maiores frustrações ao se sair do cinema. Tal qual “A Bruxa de Blair“.

[rating:1]


Ficha Técnica

Elenco:
Katie Featherston
Micah Sloat
Mark Fredrichs
Ashley Palmer
Amber Armstrong

Direção:
Oren Peli

Produção:
Jason Blum
Oren Peli

 

16 Comments

Leave us a comment

  • saullo
    on

    pow…esse ae eu nao sei pq ainda nao vi, mas falar q bruxa de blair foi ruim…taqueopariu,em

    o filme foi do caraleo. tipo…sem fodasticos efeitos especiais, sem atores consagrados, sem capital, só uns poucos atores amadores e uma camera caseira…mermao…a tensao q rola o tempo todo no filme…q filme bom!!

    nao há uma unica cena de monstro sangrento vomitando ácido, nem mesmo um simples vulto aparece no filme, e mesmo assim eles conseguem passar todo o terror q quiseram.

    tem cenas de forte interpretaçao, como a linda cena do catarro. q foi aquilo, cara? aquela mina deveria ganhar um oscar com todo aquele carrato escorrendo pela cara dela. muito foda!!

    a cena da barraca entao…fooooooooooodaa!!!

    e quem nao gostou daquele final é pq nao entendeu o filme. ou será q vc espera ver uma bruxa vestida de preto com uma vassoura na mao?

    pior foi q agora memso q eu fiquei na duvida quanto a esse filme ae q vc criticou, pq nao dá p me basear nessa critica uma vez q vc nao gostou da bruxinha lá.

    e cê zuou agora com esse “e outros mil filmes”

    ¬¬

  • Diego
    on

    Ah, eu fiquei com um puta medo depois que vi o filme… rs
    1 semana inteira sem dormir direito…

  • felipe
    on

    O unico problema é que é muito parado..
    mas eu gostei, ele faz um suspense te prendendo na tela..
    de certo modo dá até um tesão para saber o que vai acontecer no final.
    É claro poderia ser muito melhor se tivesse mais sustos, e realmente as melhores cenas apareceram no trailer, mas achu que foi a mostrando a vida do casal, que eles conseguiram deichar as pessoas entrigadas…..

    ahh
    e o Micah é móóó otario mémo

    shuahsuahsuas

  • Ícaro Guimarães
    on

    Discordo completamente,”Atividade paranormal” é o melhor terror do ano.Tensão total,sustos e calafrios são as sensações basicas ao ver este filme.Bem melhor que o terrivél “Ecos do mal”,tal que o cinecriticas tanto gostou!

  • Gabriel NEry
    on

    eu gostei muito do filme…mas não assisti a versão que vcs provavelmente assistiram, eu assisti a versão de 2007. Na qual o fim é bem melhor que esse que foi lançado agora nos cinemas.
    Agora eu gostaria de uma resposta do Ícaro Guimarães ” Discordo completamente,”Atividade paranormal” é o melhor terror do ano.” Então me diga qual é o melhor do ano, que verei hj msm! =D

  • pedro
    on

    O Q EU ENTENDI FOI O SEGUINTE!!
    ELA A MOÇA JÁ ESTAVA AMALDIÇOADA PQ O ESPÍRITO DEIXOU NELA 1 MARCA
    AI QUANDO ELA ACORDA, OLHA PARA O MARIDO EM PÉ UMAS 3 HORAS
    ELA DESCE AS ESCADAS E DEPOIS DÁ 1 GRITO
    EU ACHO Q ELA NÃO VIU NADA
    ERA PARA O MARIDO DESCER LÁ EM BAIXO E MATÁ-LO
    POIS O INTUITO DO ESPÍRITO ERA DEIXAR 1 MARCA NELA PARA QUANDO AS PESSOAS COMPRAREM A CASA, O ESPÍRITO DA MULHER (ESPOSA ) DE MIKA FIQUE LÁ!
    AI ELA FICA SENTADA AO MLADO DA CAMA COM 1 FACA! DE SANGUE
    A IRMÃ VAI ATÉ A CASA DELES
    E VÊ O IRMÃO MORTO!!
    ELA CHAMA A POLÍCIA E A POLÍCIA ACHA ELA E A MATA!
    FINAL
    O ESPÍRITO DO CASAL ESTA LÁ
    AI DE QUEM COMPRAR ESTA CASA NOVAMENTE!!

    PEDRO HENRIQUE!

  • felipe
    on

    kra achu qui não tem nada a ver o espirito estava perseguindo ela desde a sua infancia, o espirito queria assombrar ela e não quem vai ficar na casa!
    assim como aconteceu com uma garota antes dela eles falam um pouco disso no filme…….

  • Gabriel NEry
    on

    RE: Aldo Alves

    só agora q eu vi seu e-mail =D. É q na verdade esse filme, como vc deve saber, ja estava pronto a alguns anos, se eu n me engano ficou pronto em 2006. Foi Steven Spilberg( se n me engano) que ajudou esse filme dar a guinada q deu. Mas ele fez algumas mudanças no filme original, basicamente no fim do filme. Que ainda n assisti no cinema, mas pelo que me falaram, está diferente. Eu n tenho nenhum link nao =/

  • :)
    on

    aaaaah;
    eu achei o filme muito fraquinho..
    as melhores cenas tavam mesmo no trailler, intao todo mundo ja esperava..
    o micah eh um otario,
    mas falaram que o filme é baseado em fatos reais..
    se for, o que será que rolo com a katie depois ?

  • NosferatuBR
    on

    Aldo,
    Após ler essa critica, bem que fiquei curioso em ver sua critica sobre A Bruxa de Blair.

    Adorei este filme, assim como também adorei A Bruxa de Blair (tenho que assistir de novo).

    Bom, o filme realmente não da sustos, o grande lance é deixar tenso, te deixar na espectativa… e o pior, isso é algo que pode acontecer com qualquer pessoa e realmente não ter nenhuma explicação.

    Eles dormiam e a câmera ia mostrando o marcador de tempo rápido, de repente ficava mais lento e eu pensava “nossa! é agora, vai acontecer alguma coisa” e passava à assistir quase sem piscar…

  • little zoyd
    on

    .Custo acreditar que vejo pessoas que se expressam bem aqui, falar bem desse lixo…..Mas, lá vai minha opinião: Ninguem percebeu no maior oportunismo hollywoodiano, como meia dúzia de espertos manipularam a opinião e o gosto público em cima do lixo chamado PARANORMAL ACTIVITY…..o mestre Spielberg definiu bem quando recebeu o dvd para assistir e no dia seguinte devolveu em um saco de lixo.

    Mas parece um filme porno com uma baboseira mal arquitetada que os pseudo-amantes da sétima arte acharam d+ realmente éh D+ mesmo, uma porcaria, sem enredo, sem enquadramentos adequatos, sem técnica alguma, sem nada…..isso sem nada mesmo……..eh isso que representa quem gostou deste lixo!!!

  • rui molina
    on

    Parabéns ao little zoyd pela clareza que mostra em seus comentários. Ainda, bem que vejo pessoas inteligentes, repudiarem essa porcaria do Ativ ade Paranormal, realmente Atividade Paranormal menos um bom filme, seja ele o genero que quizerem atribuir.

  • silvio3611
    on

    assino embaixo dos ultimos 2 posts, fui assitir no cinema ontém e foram os 90 minutos mais mal gastos da minha vida, ja tinha lido a critica do Aldo, que geralmente batem com as minhas, mas resolvi pagar pra ver e me dei mal

  • Jabor
    on

    Parabéns aos 3 últimos comentários!

  • Gisele
    on

    Nossa… minha amiga disse q ficou uma semana sem dormir (como outro rapaz aqui).. e ela q se diz black metal.. Eu esperava muuuuito mais desse filme, até me assustei em algumas partes, aliás, só naquela parte q o doutor tá na casa e fica falando do demônio..) mas nada além disso.. E aquela parte do exorcista é muuuuito cópia, muito mesmo.. Ah e eu tb queria (e achava) q o Micah morresse logo, e tipo.. imaginei ele sendo pendurado e estripado na parede hahahaha (acho q vi isso no filme com a Famke Janssen, Refém do Espírito) q é outro lixo, exceto por essa parte q o namorado dela é quebrado literalmente pelo espírito do ex-marido.

  • Clayton
    on

    Oba! Polêmica! Atividade Paranormal, ame-o ou deixe-o. Discussões assim que geraram o sucesso do filme que é, em minha opinião, limitado, porém esperta e deliciosamente disfarçado. Marketing perfeito. Spilberg viu e adorou. Spilberg viu e achou um lixo. Sessões de teste feitas há 3 anos atrás com reações da platéia divulgadas. Um trailler espetacular. Câmera em primeira pessoa justamente pra camuflar a falta de habilidade no enquadramento e mais ainda, como os efeitos especiais são limitados devido o orçamento, as imagens tem por obrigação estar em um plano único, beneficiando a tensão causada pela espera de que aconteça alguma coisa. E em 90% do filme não acontece absolutamente NADA. Nos atos finais há uma tentativa de salvação do enredo, quando Micah encontra na internet um caso semelhante e define que acha melhor não provocar o demônio, sendo que o imbecil fez isso o filme todo com as filmagens e a tábua. As visitas do “doutor” terminaram por colocar as coisas no mesmo patamar de provocação do caso Diane. Todas os roteiros sobre demônios se dão ao trabalho de nos dar um motivo a sua presença, neste ficamos no vácuo. Busquei semelhanças entres os casos apresentados de Diane e Katie, mas no caso da primeira parece terminar em morte e não há aparentemente a figura masculina desempenhada por Micah presente no caso de Katie, esta por sua vez no final oficial do filme não morre e ainda fica com o demônio presente em seu corpo, e se essa possível tomar posse da Katie com tal facilidade a ponto de fazê-la matar então não havia objetivo a ser alcançado pelo demônio, de onde concluo que o demônio estava atrás de uma garota parecida com Diane (roteiraço!). E não me venham com essa de que o demônio passou a ter posse dela depois da mordida, pois antes já houve a cena em que involuntariamente ela sai da casa. Mas qualquer linha de raciocínio é derrubada pelo final alternativo onde Katie mata Micah (fato comum aos 2 finais) e em seguida se mata. E, que em minha opinião, faria muito mais sentido. Primeiro porque não subiu com o Micah só para que ele aparecesse na câmera, e segundo poderia indicar que a morte de Diane não confirmada e nem explicada, pudesse ter se dado também por suicídio. Mas como A. P. não passa de um delicioso disfarce, assistam apenas os 2 últimos capítulos e tenham a sensação de que assistiram um filmaço e que deveriam ver as partes iniciais também, mas por favor, não o façam, se der vontade mesmo assim, substituam pelo trailler.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑