Caçada Sinistra (“Acolytes”, Austrália, 2008)

Genre : , ,

Acólito, tradução literal do título em inglês, significa aquele que acompanha, assiste, ajuda. E só esse título é uma das inúmeras reviravoltas de um dos melhores filmes de suspense do ano. E ele vem lá da Austrália – aliás, estou começando a ficar com medo de lá, pois nos últimos tempos há uma enxurrada de boas produções australianas do gênero. Mas essa se superou.

Três amigos (dois garotos e uma garota, namorada de um deles) passeiam numa floresta ao largo de sua cidade quando observam escondidos um aparente assassino enterrando sua vítima. Vítima esta que pode ou não estar relacionada com o desaparecimento de uma garota local. Ao identificar o criminoso, eles acabam elaborando uma surpreendente chantagem, porém mal sabem o que aquela atitude terá como conseqüência.

Em um dos roteiros mais originais de todos os tempos, “Caçada Sinistra” consegue com todos os méritos penetrar em cada detalhe de sua história dando igual importância a todos os personagens. Justamente porque tudo é importante. O relacionamento entre os jovens e a paixão de um deles pela namorada do outro, o passado obscuro onde foram vítimas de um criminoso, as reais intenções para a chantagem, tudo conta.

O cineasta John Hewitt ainda consegue a proeza de elucidar no segundo ato, o que se passa na visão do próprio serial killer sem diminuir em nada o suspense. E do segundo ato para o último, as reviravoltas são tantas que o espectador pode até ficar meio tonto, até porque o diretor não refresca no ritmo quase frenético como num clipe de rock e cortes mais que brutos. Reparem a transição das trilhas de pop rock para aquelas orquestradas para o suspense. Tão surpreendente quanto é a violência sabiamente dosada o que mantém a realidade da trama sem torná-la um terror trash.

Caçada Sinistra” consegui balancear todos os elementos de uma horripilante história sem precisar da ajuda de monstros ou espíritos. A pior das ameaças, o maior terror sempre vai vir do ser humano.

[rating:4.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Joel Edgerton
Sebastian Gregory
Hanna Mangan-Lawrence
Joshua Payne
Belinda McClory
Michael Dorman

Direção:
Jon Hewitt

Produção:
Richard Stewart
Penny Wall

Fotografia:
Mark Pugh

Trilha Sonora:
David Franzke

 

2 Comments

Leave us a comment

  • thaise
    on

    gostei do filme..parece amador em algumas cenas, mas amei as interpretações e a trilha sonora é otima.

  • NosferatuBR
    on

    Acho que não entendi a “beleza” neste filme, acabei achando ele bem mediano.

    Mas a crítica foi ótima, me fez ver o filme.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑