Cinema, Aspirinhas e Urubus (Brasil, 2005)

Genre :

[youtube iruX5aGznlI]

Não é tão fácil falar bem desse filme como muitos críticos que o consideraram o melhor longa brasileiro de 2005 acham. Um alemão bonzinho que fuma feito os alemães maus de Hollywood vem para o Brasil após a Alemanha ter entrado em guerra e percorre o Nordeste num caminhão vendendo aspirina. Encontra um “nativo” e eles passam a percorrer a estrada juntos.

A mensagem dita inteligente está lá: o contraponto entre viver num país desenvolvido – Alemanha – porém aplacado pela guerra e por um regime sádico e, em contrapartida, viver na mais profunda miséria que é o Nordeste brasileiro. Porém essa mensagem fica diluída no meio de 101 minutos onde pouquíssima coisa acontece.

O diretor não consegue conciliar a ação com o cinema contemplativo. Fazendo os dois aspectos ficarem em ordem seqüencial, ele acaba por fazer um filme arrastado. Pra se ter uma idéia, dentro daquele caminhão, o filme só engata a segunda (sem trocadilhos) depois de 50 minutos, mas mesmo assim não sai dessa marcha. E o final é um tanto incoerente com o roteiro além de não haver clímax.

Como pontos positivos, a direção de fotografia é ótima (aliás, os aspectos técnicos no geral) e a atuação de João Miguel (de “O Céu de Suely“) que faz o companheiro de viagem do alemão é impecável. Agora se esse filme for mesmo o melhor nacional de 2005, nossa safra está bem capenga. Finalmente, o DVD perde uma ótima oportunidade de trazer extras interessantes.

Nota 6


Ficha Técnica

Elenco:
Peter Ketnath
João Miguel
Hermila Guedes

Direção:
Marcelo Gomes

Produção:
Sara Silveira
Maria Ionescu
João Vieira Jr.

Fotografia:
Mauro Pinheiro

Trilha Sonora:
Tomás Alves de Souza

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑