Contágio Em Alto Mar (“Sea Fever”)

Espaço fechado, com tripulantes no meio do nada, com um organismo desconhecido mortal onde ninguém pode ouvir seus gritos. Tudo indica o clássico de 1979 “Alien O Oitavo Passageiro” por Ridley Scott que deu início a uma das franquias mais bem sucedidas de ficção e terror da história. Mas não: estamos falando de um barco pesqueiro em alto mar.

Nessa produção, a estudante Siobhan (Hermione Corfield de “Escola da Morte”) embarca nesse barco comandado pelo capitão Gerard (Dougray Scott de “Na Toca do Tigre”) e sua esposa Freya (Connie Nielsen de “Anônimo”) para estudar organismos marinhos, enquanto o resto da equipe do navio vai à pesca. Só que eles são parados numa zona proibida por uma criatura estranha que vai entrar em contato com a tripulação com consequências terríveis.

O filme segue estritamente a cartilha desse subgênero do terror, inclusive com uma sequência onde encontram outro barco onde tragédia semelhante ocorreu, tornando-se de certa forma previsível. Por outro lado, de forma alguma prejudica o resultado e ainda tem algumas boas cenas de violência gráfica, apesar de ter potencial para mais.

Só que chama muita atenção a proposital homenagem ao clássico “Alien”, como já dito, onde há pelo menos duas sequencias que são praticamente idênticas, trocando apenas a nave da Tenente Ripley USCSS Nostromo pelo barco pesqueiro Niamh Cinn Oir. Uma delas é logo no início sobre a discussão da partilha do dinheiro e a outra é a do antológico jantar que nessa homenagem nem é tão antológico assim, mas cumpre o seu papel. Também não dá pra deixar de notar a outra inspiração que veio de “O Enigma do Outro Mundo”, clássico de 1982 de John Carpenter, principalmente na cena onde os passageiros são testados.

Os eventos são críveis do ponto de vista do espectador com exceção de algumas atitudes da protagonista no último ato que contrariam o bom senso. Tanto que numa discussão com Freya onde Siobhan faz uma analogia sobre formigas e caranguejos, Freya responde, ao meu ver, corretamente, que eles não são caranguejos.

Contágio em Alto Mar” tem um ritmo consistente, bons e discretos efeitos especiais, sabe usar o espaço fechado para provocar tensão, faz boas homenagens a clássicos predecessores e só esbarra em alguns furos de roteiro que facilmente poderiam ser evitados.

Ficha Técnica

Elenco:
Hermione Corfield
Dougray Scott
Connie Nielsen
Dag Malmberg
Jack Hickey
Olwen Fouéré
Ardalan Esmaili
Elie Bouakaze

Direção:
Neasa Hardiman

Produção:
Brendan McCarthy
John McDonnell

Fotografia:
Ruairí O’Brien

Trilha Sonora:
Christoffer Franzén

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑