Cry Macho: O Caminho para Redenção (“Cry Macho”)

Genre :
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2021

Com 91 anos, Clint Eastwood pode fazer o que quiser que ele já se provou como um talento em todas as cadeiras que sentou. Aqui, entretanto, ele fez um filme menor em todos os sentidos.

Depois do excelente “A Mula”, ele volta ao México como Mike, um desiludido ex-cowboy que recebe de seu ex-chefe de rodeio a tarefa de trazer o filho dele (do chefe) de volta aos EUA aparentemente devido aos maus tratos da mãe. Daí o filme é praticamente a história da relação que Mike e Rafo (o menino de 13 anos) constrói ao longo desse caminho frente a uma série de intempéries.

A premissa de um pré-adolescente problemático que começa uma peculiar amizade com um senhor de 91 anos em condições delicadas é boa. Mas o desenvolvimento é muito infantil. A começar pelo casting do novato Eduardo Minett que faz o papel de Rafo: ele é insuportável do início ao fim, incluindo sua atuação, a qual não passaria nem num teste para a agora extinta Malhação.

Os traumas do garoto podem ser sérios, ms os diálogos que os expõe, além das suas fragilidades, são tão frágeis quanto e dificilmente levam a algum lugar que não seja apenas esticar um pouco mais o filme que já é moroso por si só, visto que todos os eventos e problemas que os nossos heróis passam são tão pequenos que realmente só poderiam ser enfrentados por uma dupla de 13 e 91 anos. O próprio galo, amigo de Rafo, talvez seja mais herói que os dois juntos.

É claro que ver Eastwood em cena é um deleite. Principalmente de como ele aproveita sua própria condição de idoso para potencializar física e emocionalmente seu personagem.

Finalmente no último ato se percebe o quanto o roteiro enrola e não traz nada seja em termos da redenção que tanto fala o título em português, seja em aprendizagem para qualquer um dos personagens, deixando pontas narrativas soltas.

Cry Macho” não explora a boa premissa, não evolui emocionalmente e com exceção do próprio Eastwood em tela, todo o resto é pura enrolação para se manter uma narrativa vazia e clichê.

Curiosidades:

– O projeto Cry Macho existe desde 1970 anos e só agora foi rodado. O autor N. Richard Nash escreveu o roteiro e nenhum estúdio gostou. Depois ele fez disso um livro e a partir do relativo sucesso na década de 80, começou-se as conversas para se fazer um filme. Depois de 3 tentativas ao longo de décadas, o projeto finalmente caiu nas mãos de Eastwood.
– O galo Macho foi interpretado por 11 galos diferentes.
– Clint Eastwood compôs e performou uma das músicas do filme, chamada Time Lapse.

Ficha Técnica

Elenco:
Clint Eastwood
Dwight Yoakam
Eduardo Minett
Natalia Traven
Daniel V. Graulau
Amber Lynn Ashley
Brytnee Ratledge
Alexandra Ruddy
Sebestien Soliz
Horacio Garcia Rojas
Ivan Hernandez
Fernanda Urrejola
Lincoln A. Castellanos
Juan Mendoza Solis
Marco Rodríguez

Direção:
Clint Eastwood

Produção:
Jessica Meier
Tim Moore
Albert S. Ruddy

Fotografia:
Ben Davis

Trilha Sonora:
Mark Mancina

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑