Favela Bolada (Brasil, 2008)

Genre :

[youtube VWa4k-LMz6o]

Um documentário sobre funk? Sobre favela? Sobre funk na favela? Na verdade, um pouco de cada e ao mesmo tempo nenhum dos três. Ele se divide em dois momentos. O primeiro é mais um manual de como se fazer e tocar aqueles funks bem rasos mesmo, na periferia. Chega a ser interessante, pra quem entende um pouco do assunto, ver que muitos DJ’s já usam aparelhos de sampler ao invés de apenas CDJ’s, o que flexibiliza as batidas da música.

O segundo momento é apenas uma propaganda pró-funk. E aí que o filme degringola por conta da sua total incoerência. Ele mostra explicitamente todos os rótulos que o documentário diz, implicitamente, que não existem: a apologia ao sexo e às drogas está toda lá. Inclusive com uma bizarra cena de uma anã stripper e simulações de sexo ao vivo. Fora o fato de que muitos dos bailes filmados foram realizados pela própria equipe de produção de “Favela Bolada“, o que macula sensivelmente o caráter documental.

Faltou falar das origens do funk, assunto ao qual o filme dedica menos de um minuto. Faltou dar o devido espaço à importância do Furacão 2000 na disseminação do ritmo para as outras classes e coloca todo mundo na vala comum. É como realizar um filme sobre peixes e só falar de suas barbatanas.

Os aspectos técnicos são os únicos destaques positivos montagens e edições ágeis, casando direitinho com a trilha sonora. “Favela Bolada” é como o funk: quase sem conteúdo, mas que a galera do funk vai adorar e dançar. E sim, esse público existe.

[rating:1.5]


Ficha Técnica

Direção:
Leandro Hbl
Wesley Pentz

Produção:
Wesley Pentz

Trilha Sonora:
Ricardo Cutz

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑