Felicidade (“Happiness”, EUA, 1998)

Genre : ,

O Cineasta Todd Solondz é pautado por pouquíssimas obras – sete em vinte e sete anos – porém de cunho forte, polêmico e desafiador. Nessa sua terceira empreitada – e muito premiada – o diretor mostra uma história num mundo surreal ou talvez realidade paralela e próxima à nossa (percebe-se pelos seus enquadramentos e ótimo design de produção).

A trama gira em torno de três irmãs: a caçula Joy (Jane Adams, atualmente na série “Hung” da HBO), uma tímida mulher que não sabe permanecer num relacionamento e ainda não encontrou seu lugar no mundo; Helen (Lara Flynn Boyle de “Terra de Ninguém”) uma mulher de sucesso, porém ninfomaníaca que vem sendo observada pelo vizinho com transtorno sexual (Philip Seymour Hoffman de “Os Piratas do Rock”); e Trish (Cynthia Stevenson de “Caso 39”), casada com um psicólogo que esconde ser um pedófilo (Dylan Baker de “Contos do Dia das Bruxas”).

Além da maestria de Solondz ao orquestrar um drama de 134 minutos sem nunca parecer cansativo, visto que aborda e mostra graficamente temas polêmicos como pedofilia, ninfomania, suicídio, entre outros, a produção ainda conta com dois outros pontos altos: o primeiro é um roteiro tão bem escrito onde o espectador vai descobrindo aos poucos a extensão dos atos de cada personagem, os quais ficam mais chocantes a cada minuto de revelação. Para citar alguns exemplos, a revelação de quem é o personagem com o qual Joy freqüentemente aparece discutindo; ou então a história secreta da personagem latina que nutre uma secreta paixão pelo vizinho de Helen.

E finalmente o elenco que, apesar de muito bem articulado, encontra sua estrela nos coadjuvantes Philip Seymour Hoffman e principalmente em Dylan Baker que, sem dúvida, apresenta a atuação da sua vida. Ele é o dono das melhores linhas de roteiro e seus diálogos são tão intensos que provocam tensão no espectador com medo de seu próximo movimento.

Felicidade” é um filme de infindáveis discussões e de uma profundidade que nenhuma breve crítica como essa poderia alcançar. Um drama pesado e cerebral travestido em uma história família. Um ótimo lobo em pele de cordeiro.
[rating:3.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Jane Adams
Jon Lovitz
Philip Seymour Hoffman
Dylan Baker
Lara Flynn Boyle
Justin Elvin
Cynthia Stevenson
Lila Glantzman-Leib
Rufus Read
Louise Lasser
Ben Gazzara
Camryn Manheim
Arthur J. Nascarella
Molly Shannon

Direção:
Todd Solondz

Produção:
Ted Hope
Christine Vachon

Fotografia:
Maryse Alberti

Trilha Sonora:
Robbie Kondor

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Juliano
    on

    A crítica é muito boa, quase não parece ser do fime que eu assisti rs

Leave a Reply to Juliano Cancel Reply

↑ BACK TO THE TOP ↑