Grito de Horror – Lua Nova, Sangue Novo (“The Howling: Reborn”, EUA, 2011)

Genre : ,

Antes da “Saga Crepúsculo” destruir com a temível figura do lobisomem, dois filmes na década de 80 praticamente definiram o gênero e ambos em 1981: “Um Lobisomem Americano em Londres” e “Grito de Horror”. A despeito de suas fracas continuações, pelo menos se mantiveram sempre na mente dos amantes do gênero. Eis que desenterram a franquia “Grito de horror” para se encenar uma das produções mais medíocres de terror e de quebra, ainda colocam um subtítulo brasileiro que contém o termo Lua Nova, o qual faz o homônimo da “Saga Crepúsculo” vir direto à cabeça.

Com um péssimo elenco desconhecido (e vamos torcer pra continuar assim), vemos o jovem Will completar dezoito anos e descobrir que é lobisomem. Nesse meio tempo sua mãe (Ivana Milicevic, a única quase conhecida de “007 – Cassino Royale”), também uma criatura do mal, se aproxima para levá-lo para o lado negro.

Não precisa entender a história, pois ela simplesmente não se encaixa, desde o início quando ninguém entende como Will foi morar com o pai ou como tanta gente desaparece sem que as autoridades se deem conta ou até mesmo a festa de sangue promovida na universidade de Will enquanto ninguém que está lá suspeita do que acontece. Quase sem ação e com nível de tensão nulo, tem efeitos especiais ridículos, incluindo uma fantasia de lobisomem que está pedindo socorro de tão mal feita. Os diálogos são quase inacreditáveis e as situações que o roteiro coloca para a cadeia de eventos não poderiam ser mais absurdas.

Talvez a única parte interessante está nos créditos finais com o único desdobramento coerente de toda a trama estapafúrdia. Esse novo “Grito de Horror” está para o original como “A Noiva de Chucky” está para “Brinquedo Assassino”. O único grito que vale dar é com quem indicar essa bomba.
[rating:1]

Ficha Técnica

Elenco:
Landon Liboiron
Lindsey Shaw
Ivana Milicevic
Jesse Rath
Niels Schneider
Frank Schorpion
Kristian Hodko

Direção:
Joe Nimziki

Produção:
Kevin Kasha
Joel Kastelberg
Ernst Etchie Stroh

Fotografia:
Benoit Beaulieu

Trilha Sonora:
Christopher Carmichael
Mark Anthony Yaeger

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑