Halloween Kills: O Terror Continua (“Halloween Kills”)

Que surpresa boa ver a guinada que a segunda parte dessa trilogia de Michael Myers que também é a enésima continuação de muitas que não tiveram relevância alguma.

Diretor e elenco retornam e, começando de onde o antecessor parou, tal qual o trailer mostra, o psicopata sobrevive ao incêndio e volta para fazer mais vítimas.

Só que dessa vez há três abordagens que incrementam o valor da essência da trama. A primeira está que o roteiro retorna à 1978 quando ocorreram as duas primeiras partes de “Halloween” dirigidas por John Carpenter e mostra novos ângulos do massacre que Myers provocou na época com uma ótima reconstituição, inclusive com o retorno do icônico Dr. Loomis que sem o seu intérprete Donald Pleasence, falecido em 1995, contou com ótimos efeitos especiais e dublês para sua reconstrução. As sequencias em grande parte constroem a narrativa para o presente onde muito do elenco daquela época retorna para se juntar à Jamie Lee Curtis como Laurie e caçar ou ser caçado pelo maníaco.

O segundo ponto é que há uma mobilização das pessoas na cidadezinha onde tudo acontece e temos uma interessante discussão sobre como pessoas boas podem virar selvagens frente a uma ameaça e como o medo, mesmo do imaginário, pode afetar toda uma população.

Finalmente, pela primeira vez em toda a franquia, Michael Myers é alçado como uma entidade e não mais como um homem de força descomunal que estranhamente sobrevive a todo tipo de ferimento. A sequencia do final no monólogo de Laurie, juntamente com os eventos que se passam em sua narração elevam o serial killer a um posto em que ele sempre ocupou de fato, mas nunca de direito, o que muda completamente o ângulo de como mata-lo.

Além disso, a trilha original, a abertura com o estilo original e mortes gráficas com criatividade e muito sangue são essenciais para que haja qualidade tanto nas novas facetas da história quanto em sua execução.

Halloween Kills” prova que mesmo que os filmes de terror slasher tenham a mesma essência, é possível fazer algo acima da média e surpreender até os mais céticos. Agora sim a trilogia engrenou.

Curiosidades:

– Para o retorno de Dr. Loomis, além de maquiagem e efeitos especiais foram usados dois atores: um para a voz e outro para a frente das câmeras.
– Toda a sequencia dos bombeiros foi feita por bombeiros de verdade e não por atores.
– Tal qual nos dois primeiros filmes da década de 70, nos créditos iniciais o ator que interpreta Michael Myers é descrito como “The Shape” (A Forma).
– O último filme da trilogia vai se chamar Halloween Ends (Halloween Termina // Halloween: O Final) e será lançado em outubro de 2022.
– As máscaras que os cadáveres estão usando no playground são as mesmas usadas em “Halloween 3”, o único filme da franquia que não tem a ver com Myers, mas sim com uma conspiração sobrenatural.

Ficha Técnica

Elenco:
Jamie Lee Curtis
Judy Greer
Andi Matichak
James Jude Courtney
Nick Castle
Will Patton
Thomas Mann
Jim Cummings
Dylan Arnold
Robert Longstreet
Anthony Michael Hall
Charles Cyphers
Scott MacArthur
Michael McDonald
Ross Bacon
Kyle Richards
Nancy Stephens
Diva Tyler
Lenny Clarke
Brian Mays
Michael Smallwood
Carmela McNeal
Omar J. Dorsey
Damien Lee
Salem Collins
Giselle Witt
J. Gaven Wilde

Direção:
David Gordon Green

Produção:
Malek Akkad
Bill Block
Jason Blum

Fotografia:
ichael Simmonds

Trilha Sonora:
Cody Carpenter
John Carpenter
Daniel A. Davies

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑