Hobo With a Shotgun (EUA, 2011)

Genre :

Uma das coisas que chamou atenção na parceria feita entre Quentin Tarantino e Robert Rodriguez em “Grindhouse” para emular o cinema trash da década de 60 foram os trailers fakesHobo With a Shotgun” e “Machete”.

E acabou que com esse gancho, ambos viraram filme. O último pelas mãos do próprio Robert Rodriguez e terá sua crítica publicada neste blog em breve. Ao contrário deste que contou com toda uma produção bem cuidada, “Hobo With a Shotgun” foi literalmente um filme trash, mas no pior sentido.

Trocando o protagonista do trailer por Rutger Hauer (“O Ritual”), a trama mostra ele como um mendigo (hobo é uma espécie de gíria pra sem teto) que chega numa cidade dominada por uma família criminosa onde se presencia as mais horrendas atrocidades contra o povo. Exaurido, o mendigo pega uma espingarda e sai matando todos os vândalos. E basicamente é isso.

A direção é quase amadora e os efeitos especiais, apesar de divertidos, são pra lá de toscos. Hauer, coitado, parece que só estar tentando pagar o aluguel. Tá na cara que os realizadores de “Hobo With a Shotgun” entenderam mal o que é um filme trash e produziram essa barca furada sem o menor esmero com roteiro ou pelo menos aspectos técnicos. Melhor ter ficado só no trailer de “Grindhouse“.

[rating:1,5]

Ficha Técnica

Elenco:
Rutger Hauer
Pasha Ebrahimi
Robb Wells
Brian Downey
Gregory Smith
Nick Bateman
Drew O’Hara
Molly Dunsworth
Jeremy Akerman

Direção:
Jason Eisener

Produção:
Rob Cotterill
Niv Fichman
Paul Gross
Frank Siracusa

Fotografia:
Karim Hussain

Trilha Sonora:
Adam Burke
Darius Holbert
Russ Howard III

 

2 Comments

Leave us a comment

  • Daniel Garutti
    on

    Aldo, primeiro gostaria de parabenizar o novo site, muito mais bonito
    e organizado, parabéns!

    Segundo gostaria de dizer que assisti o filme há algumas semanas
    e apesar de concordar que possuiu falhas no roteiro e o filme acaba
    assumindo bem o papel de representar algo trash, com inovações nas mortes,
    vinganças escandalosas e muito sangue.

    abraços

  • louise dantas trindade
    on

    Só corrigindo uma falha quem fez O Ritual não foi Hutger e sim Anthony Hopkins!
    E discordo quando você diz que eles não souberam recriar a estética trash, eles fizeram e com primor e é exatamente por isso que desagradou muitos.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑