I’m Still Here: The Lost Year of Joaquin Phoenix (EUA, 2010)

Genre : ,

Idéia de jerico. No pior estilo reality show, o ator Casey Affleck de “Roubo nas Alturas” resolve dar uma de diretor e se junta com seu amigo Joaquin Phoenix de “Amantes” pra bolar o seguinte plano: fingir que Phoenix se desinteressou pelo cinema, começou a ficar paranoico e em sua decadência e vai tentar uma carreira de cantor de rap, mesmo sem ter talento nenhum.

Os objetivos são causar frisson em Hollywood através de suas aparições em diversos programas de forma totalmente suja e entorpecida e, através desse burburinho, fazer seu documentário fake ser um sucesso. A primeira meta, até que foi alcançada com razoável êxito. Na época houve boa repercussão com o suposto fato de Joaquin ter abandonado o cinema e com um visual cada vez mais maltrapilho, tentar a tal carreira no rap. Ele apareceu sim em vários programas de entrevistas e auditório, muitas vezes chocando o público americano.

Já a segunda parte do intento foi um fracasso total, já que a produção passou despercebida nas poucas telas do cinema americano (no Brasil nem isso) em que se lançou. O motivo é muito simples: o filme é muito ruim. No início é até engraçadinho ver um ator conhecido sabotando sua própria carreira, mas em poucos minutos o espectador se cansa.

Não precisa ser um gênio pra entender a armação e até a questão se os demais participantes do documentário estavam cientes ou não, nem importa, pois o limite da paciência do público deve se esgotar antes mesmo de se fazerem essa pergunta. Quem chegar até o fim de “I’m Still Here” pode ser considerado um Mestre Yoda da meditação e da paciência. Mais dispensável, impossível.
[rating:2]

Ficha Técnica

Elenco:
Joaquin Phoenix

Direção:
Casey Affleck

Produção:
Casey Affleck
Joaquin Phoenix
Amanda White

Fotografia:
Casey Affleck
Magdalena Gorka

Trilha Sonora:
Marty Fogg

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑