Juízo Final (“Doomsday”, Alemanha / África do Sul / EUA / Inglaterra)

[youtube UXW4DxkNoUw]

O que acontece quando um ótimo diretor pega um roteiro imbecil pra trabalhar? Neil Marshall do sensacional terror “Abismo do Medo” dirige essa ficção passada na Grã Bretanha onde num futuro próximo foi descoberto um vírus letal e para contê-lo, a Escócia inteira foi murada e isolada deixando seus habitantes à morte.Trinta anos depois, o vírus reaparece na Inglaterra, porém se descobre que há remanescentes na Escócia e que eles podem ser a resposta para a imunidade à doença.

Então um grupo de elite liderados pela Major Éden (Rhona Mitra de “Anjos da Noite – A Rebelião“), a qual parece mais a versão feminina do cowboy do mundo de Malboro (a indústria do tabaco deve ter financiado o longa), deve voltar à região devastada para encontrar a cura. O que eles não sabem é que a cidade está povoada por… neo-punks tatuados canibais sedentos de sangue??? E que mais tarde ela vai encontrar outro povo que vive… num castelo no modo de vida medieval???

É aí que o roteiro desce ao fundo do poço. Por mais que o espectador funda a cabeça pensando, é inconcebível uma realidade daquelas, independente da desculpa esfarrapada que o filme possa dar. Os caras usam bastões e lanças dentro de uma cidade que deve ser repleta de lojas de armas! Nenhum celular é usado para contato nessas últimas décadas e os heróis descobrem sobreviventes por imagens de satélite!? Ou seja, quem escreveu o roteiro não teve a mínima noção do que estava fazendo e provavelmente não sabia que estava escrevendo para seres pensantes.

Apesar de não salvar, a direção de Marshall coloca em perspectivas ótimas cenas de ação, se bem que em algumas cenas de luta, fica meio difícil descobrir o que está acontecendo. De qualquer maneira os efeitos especiais são criativos e eficazes, além de uma violência gráfica que deve fazer o público jovem pular da cadeira de tanto sangue e partes do corpo humano jogadas na tela.

Juízo Final” perde uma oportunidade de ouro de ser o grande filme de ação e ficção dos últimos meses por ter uma história débil mental pseudo inspirada no inigualável “Mad Max“. É o fim do mundo.

[rating:2]


Ficha Técnica

Elenco:
Rhona Mitra
Tom Fairfoot
Bob Hoskins
Alexander Siddig
David O’Hara
Cokey Falkow
John Carson
Nathalie Boltt
Adrian Lester
Craig Conway
Malcolm McDowell

Direção:
Neil Marshall

Produção:
Benedict Carver
Steven Paul

Fotografia:
Sam McCurdy

Trilha Sonora:
Tyler Bates

 

1 Comment

Leave us a comment

  • NosferatuBR
    on

    Aldo,
    Gosto muito de suas críticas, sempre procuro ver elas antes de assistir algum filme, pois concordo com você em 90% das vezes.

    Abri o link desta crítica esperando ver 4 estrelas, acho que foi inocência minha rs.

    Assisti este filme e gostei, ação muito boa (mesmo não sendo fã de ação) em um mundo de ficção.

    Abraços,
    Juliano.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑