Namorados Para Sempre (“Blue Valentine”, EUA, 2010) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Notícia ruim: um filme que não pode ser visto no Dia dos Namorados sob o risco de sair do cinema e terminar o relacionamento. Notícia boa: pra quem gosta de um bom romance dramático e bem pesado, é uma boa pedida.

Mostra dois momentos com cenas intercaladas do casal Dean (Ryan Gosling de “Uma Garota Ideal“) e Cindy (Michelle Williams de “Ilha do Medo“): o momento em que se conhecem e se apaixonam e, anos depois, o momento em que se relacionamento passa a se desintegrar.

O mais interessante do premiado roteiro escrito pelo próprio diretor que até então era documentarista, Derek Cianfrance, é ser calcado no mundo real, muito longe dos clichês de cinema. Nele percebemos o esfacelamento da relação, não por alguma situação pontual catastrófica, mas pelos próprios anos, frustrações e diferenças que vão se tornando insustentáveis com o passar do tempo. O que mais funciona aqui é a atuação do casal, ambas indicadas a vários prêmios. A química entre Gosling e Williams consegue funcionar de forma harmoniosa literalmente na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza.

Por outro lado, a edição falha em alongar a produção para quase duas horas onde os constantes cortes entre passado e presente passam a saturar mais do que agradar o público.

Com um desfecho cru e realista “Namorados Para Sempre” pode dar uma grande lição aos casais sobre como não deixar sua relação estremecer. Pena que a tradução brasileira é quase caso de propaganda enganosa, já que o título remete justamente ao oposto da questão tratada em seu roteiro. E se há algo de simplesmente sensacional, está fora do filme: seu trailer, o qual merece ser visto várias vezes.
[rating:3.5]

Ficha Técnica

Elenco:
Ryan Gosling
Michelle Williams

Direção:
Derek Cianfrance

Produção:
Alex Orlovsky
Jamie Patricof

Fotografia:
Andrij Parekh

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑