Não é Mais uma Hitória de Amor (“Kærlighed på film”, Dinamarca, 2007)

Genre :

[youtube sCRCyvzSI5o]

É a Dinamarca provando que não é preciso ter dinheiro a rodo para fazer uma ótima história. Jonas é um fotógrafo que trabalha para a polícia. Tem uma vida normal demais com sua esposa e dois filhos. Sem querer se envolve num acidente com uma bela mulher que entra em coma. Ao visitá-la no hospital é confundido com o misterioso namorado dela pela família que nunca o viu, pois ambos estavam na Ásia. Intrigado pela situação, ele decide levar a farsa, até então inocente, adiante, principalmente quando ele descobre que o namorado dela morreu de forma misteriosa e por saber que ela despertou do coma com amnésia.

Esse é um filme que só a sua trama já seria motivo suficiente para que o DVD fosse alugado. Tanto pelos desdobramentos a partir do segundo ato, a seriedade que a narrativa coloca desde seu início ou pelos coadjuvantes colocados milimetricamente para passar a mensagem certa ao espectador – reparem nos dois amigos de Jonas que inicialmente levam a situação na brincadeira, como se debochassem de possíveis conseqüências mais trágicas. O que mais se destaca do roteiro não são suas reviravoltas, mas sim justamente o peso das conseqüências que, mesmo óbvias, são bombardeadas na tela de tal forma que o espectador acaba sendo (felizmente) pego de surpresa em algumas.

Juntando a isso aspectos técnicos impecáveis, principalmente uma fotografia pesada sempre dando preferência a cores mais dessaturadas, ressaltando o clima triste e intenso, além de uma direção segura que constrói a tensão gradativamente sem que seu ritmo perca a linha, temos que “Não é Mais Uma História de Amor” é aquela excelente produção que poderia ser muito bem feita no Brasil, não fossem os diretores nacionais ainda ter a cabeça nas novelas da Globo. O jeito é ir pra Dinamarca e achar essas pérolas.

[rating:4]


Ficha Técnica

Elenco:
Anders W. Berthelsen
Rebecka Hemse
Nikolaj Lie Kaas
Charlotte Fich
Dejan Cukic
Ewa Fröling
Bent Mejding

Direção:
Ole Bornedal

Produção:
Michael Obel

Fotografia:
Dan Laustsen

Trilha Sonora:
Joachim Holbek

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Daniel BzRRA
    on

    Excelente filme recomendo. Aldo bela critica, agora q eu me lembrei que na epoca no qual eu baixei o filme eu tinha lido essa critica. Mas o filme ficou tanto tempo no meu computador que eu tinha esquecido completamente dele. No sabado estava de maresia e acabei abrindo esse filme para assiste. Te agradeço novamente pela indicação. Acho a seleção de filmes em seu site sensacional principalmente que a maioria deles são filmes desconhecidos que na maioria das vezes ficam empoeirado nas prateleiras de locadoras justamente por falta de divulgação. Sou muto fã do seu trabalho principalmente por causa disso, eu não gosto do alter ego de filmes americanos q si acham os melhores do mundo. Existe muitos filmes europas hj que dão de dez a zero na maioria das produçoes americanas. E essa sem duvida eh uma delas.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑