O Assassino em Mim (“The Killer Inside Me”, EUA, 2010)

Genre : ,

Nos anos 50, Lou Ford (Casey Affleck de “Medo da Verdade”) é um policial de uma cidadezinha do interior que, no passado, teve seu irmão misteriosamente morto – pelo que se sabe – por um mafioso local. Ao pegar um simples caso de prostituição, ele acaba tendo um caso com a tal mulher (como não se teria um caso com Jessica Alba de “Machete”?) o que desencadeia um lado violento que ele nunca tinha experimentado. Lou também usa essa mulher para tecer uma teia de acontecimentos para tentar vingar a morte do irmão, enquanto seu lado psicopata cada vez aflora mais.

Um dos mais versáteis diretores do circuito alternativo americano, Michael Winterbottom, que reveza filmes tão díspares como “O Preço da Coragem” e “Caminho Para Guantânamo” conseguiu domar um um livro complexo com uma grande diversidade de personagens e reviravoltas em vários pontos da narrativa. Ele próprio escreveu o roteiro da adaptação do bestseller homônimo de Jim Thompson.

Casey Affleck faz um trabalho belíssimo ao retratar um homem tímido que trava um embate com seu lado psicopata ao mesmo tempo que sabota suas próprias esperanças de redenção com sua amoralidade e violência, criando uma espiral trágica que, com um diretor mais que competente, engrandece a tensão ao se aproximar de seu desenlace. Mas os aspectos técnicos não ficam atrás: a parceria na composição de imagens feita pela edição de Mags Arnold (“Menino Cálcio”) e a fotografia de Marcel Zyskind, parceiro de longa data de Winterbottom consegue captar o clima noir como uma ótima homenagem (e porque não dizer revival) ao gênero.

Com quase duas horas, “O Assassino em Mim” não cansa àqueles que buscam um filme cerebral em detrimento a toneladas de ação injustificáveis e desnecessárias. É o tipo de suspense que alimenta os neurônios, ao invés de tantas produções que cuidam de matá-los.
[rating:4]

Ficha Técnica

Elenco:
Casey Affleck
Kate Hudson
Jessica Alba
Bill Pullman
Elias Koteas
Simon Baker
Tom Bower
Matthew Maher
Liam Aiken
Brent Briscoe

Direção:
Michael Winterbottom

Produção:
Bradford L. Schlei
Andrew Eaton

Fotografia:
Marcel Zyskind

Trilha Sonora:
Melissa Parmenter

 

1 Comment

Leave us a comment

  • silvio3611
    on

    é um daqueles filmes em q vc acaba simpatizando com o protagonista, pela sua genialidade, mesmo sendo um vilão, achei bem legal tb a reprodução dos anos 50, td perfeito.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑