O Besouro Verde (“The Green Hornet”, EUA, 2011) ***NOS CINEMAS***

Genre : , ,

O que esperar de qualquer filme com Seth Rogen? Dica: “Tá Rindo do Que?”, “Segurança Fora de Controle” e por aí vai. Apesar de “O Besouro Verde” ser um filme de super-herói, ele não foge à regra de beirar uma comédia besteirol (imaginem que Rogen também escreveu o roteiro e é um dos produtores executivos) e isso pode até desapontar que espera mais um blockbuster como os da Marvel ou DC Comics.

Baseado na HQ homônina a qual já é baseada num programa de rádio da década de 30, a produção mostra Britt Reid, (Rogen) um jovem que só pensa em festas, até que seu pai é morto aparentemente de forma acidental e então Britt deve assumir o jornal de seu pai. Ao conhecer Kato (Jay Chou, astro da música pop oriental), ele decide combater o crime, usando o seu jornal para chamar a atenção do chefe do crime local, Chudnovsky (Christoph Waltz de “Bastardos Inglórios”).

Por um lado, o roteiro apresenta um anti-herói original: Britt é egoísta tem o ego inflado e entrou nessa mais para diversão do que no intuito de fazer a diferença. E é o que poderia ser explorado de forma mais séria. Por outro lado, com Rogen no papel principal, todos esses predicados se transformam motivo de chacota para risada dos mais flexíveis ou para desgosto dos fãs do herói. As cenas em que se escolhe o nome de Besouro verde ou aquela do gás que faz Britt adormecer são de fazer gargalhar até os mais sérios. Waltz faz o vilão caricato que é peculiar a esse tipo de produção, porém ele tem lá seu carisma e timing cômico. Fechando o elenco uma Cameron Diaz (“Encontro Explosivo”) que mesmo estando correta, fica difícil encaixá-la como uma coadjuvante comum.

Mais difícil ainda é identificar que o diretor é o mesmo que fez o ótimo “Rebobine Por Favor”, Michael Gondry. Parece que ele aprendeu a utilizar muito bem os efeitos especiais ao seu favor e consegue manter a narrativa fluida. Entretanto falha em impor um peso dramático à história. Não teve jeito: é Rogen quem domina o filme e deve ter colocado rédeas curtas em Gondry.

Assim “O Besouro Verde”, como a maioria dos filmes de Rogen, é apenas uma comédia descambando pro besteirol que é muito bem produzida. Porém, qualquer relevância como gênero de super-herói é diluída em (pelo menos) boas risadas. E é bom que quem vá ver tenha como o riso fácil, o objetivo principal.
[rating:2.5]
Ficha Técnica

Elenco:
Seth Rogen
Jay Chou
Cameron Diaz
Tom Wilkinson
Christoph Waltz
David Harbour
Edward James Olmos
Jamie Harris
Chad Coleman
Edward Furlong
James Franco

Direção:
Michel Gondry

Produção:
Neal H. Moritz

Fotografia:
John Schwartzman

Trilha Sonora:
James Newton Howard
Theodore Shapiro

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑