O Culpado (“The Guilty”)

Genre : ,
Actor : , , , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2021

Se você tirar Halle Berry de “Chamada de Emergência” e colocar Jake Gyllenhaal, teremos “O Culpado”, só que um pouco melhor e mais profundo. Apesar de ter a mesma premissa do filme com Berry, esta obra é na verdade uma adaptação de um filme dinamarquês chamado “Culpa” feito apenas 1 ano antes deste.

Gyllenhaal, visto pela última vez como o Dr. Estranho de “Homem-Aranha: Longe de Casa”, é Joe que, por algum problema sério que o filme propositalmente não revela, foi delegado para atender as ligações do 911 (o 190 dos EUA) enquanto se prepara para um julgamento por conta desse misterioso problema.

Bastante afetando pelas suas questões pessoais e profissionais, atende uma ligação de uma mãe que aparentemente foi sequestrada e deixou seus filhos em casa, o que faz com o que ele tente de tudo para salvá-la.

Dirigido pelo craque em filmes de ação Antoine Fuqua, mas que escorregou feio em “Infinite”, toda a ação se passa dentro da cabine onde Joe atende as ligações e só o fato da produção conseguir levar o espectador pelos 90 minutos de projeção sem perder o ritmo já é uma proeza.

Gyllenhaal é cheio de caras e bocas, mas funciona muito bem como uma espécie de anti-herói a beira de um colapso nervoso. O roteiro também foi bem escrito, revelando pistas da situação através de inúmeros recursos diferentes onde cabe ao protagonista – e ao espectador – ir juntando as peças de cada ligação para entender o que realmente está acontecendo. E é justamente no último ato que acontece uma excelente reviravolta que desencadeia o clímax, mesmo que toda a ação seja subjetiva, ou seja, passa-se na imaginação do personagem que é o alter ego do público.

Destaque para a trilha minimalista de Marcelo Zarvos (“Raça e Redenção“) que aparece como um fio condutor entre o que se fala e as emoções do protagonista e é peça fundamental nesse tipo de ação “estática” dentro de uma estação de trabalho.

O Culpado” é bem equilibrado em termos de ritmo e direção e pega uma história não muito original para transformá-la num ótimo thriller psicológico.

Curiosidades:

– Nas vésperas da filmagem o diretor Antoine Fuqua contraiu COVID-19 e teve que ficar isolado. Então muitas das cenas ele dirigiu de dentro de seu trailer com câmeras apontando para as cenas, além das próprias câmeras que estavam filmando.
– As filmagens duraram apenas 11 dias.
– Peter Sarsgaard, que faz uma das vozes ao telefone é marido da irmã de Jake Gyllenhaal.

Ficha Técnica

Elenco:
Jake Gyllenhaal
Riley Keough
Peter Sarsgaard
Christina Vidal
Eli Goree
Ethan Hawke
Da’Vine Joy Randolph
Christiana Montoya
David Castañeda
Adrian Martinez
Oscar Balderrama
Becky Wu
Bret Eric Porter
Maurice Webster

Direção:
Antoine Fuqua

Produção:
Antoine Fuqua
Scott Greenberg
Jake Gyllenhaal
David Haring
David Litvak
Michel Litvak
Riva Marker
Svetlana Metkina
Kat Samick
Gary Michael Walters

Fotografia:
Maz Makhani

Trilha Sonora:
Marcelo Zarvos

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑