O Golpista do Ano (“I Love You Phillip Morris”, EUA / França, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

O tempo não está sendo generoso para Jim Carrey (“Sim Senhor“). A cada filme percebe-se sua pele mais flácida e enrugada. Uma pena. Que bom que seu talento para fazer rir continua intacto.

Ele é Steven, um pai de família e gay enrustido que, depois de um acidente automobilístico tem uma epifania e passa a assumir escancaradamente sua preferência sexual. Ao descobrir que a sofisticada vida gay é também cara, ele começa a aplicar golpes, o que faz com que vá para a prisão. Lá conhece o Phillip Morris do título original (Ewan McGregor de “Os Homens que Encaravam Cabras“) um óbvio passivo por quem se apaixona. E ele fará de tudo, principalmente aplicar ainda mais golpes, pra ficar junto do seu amor, escapar da prisão e ganhar muito dinheiro.

Estreando na direção, os roteiristas John Requa e Glenn Ficarra conseguem desfiar uma narrativa que fica longe de saturar o espectador e contam com um roteiro adaptado – baseado num livro que é baseado numa história real – que consegue a proeza de, com todas as situações absurdas, ainda manter sua credibilidade.

Mas a bem da verdade, o filme é de Carrey, o que normalmente ocorre quando ele é protagonista. Ele é o pilar que dá graça a praticamente todas as cenas, seja com suas expressões faciais malucas ou pelas gags físicas (ele se jogando da escada rolante é sensacional). Nesse quesito, apesar de Ewan McGregor fazer um gay afeminado e passivo corretamente e sem afetações caricatas, tão comuns ao papel, ele serve apenas de escada para Carrey e suas artimanhas. E elas funcionam muito bem em sua maioria. Ah, e tem também a presença de Rodrigo Santoro (“Recém Formada“), mas ainda não foi dessa vez que ele participou de forma realmente relevante numa produção americana.

O terceiro ato enfraquece a produção devido a uma estratégia (veja que não falei tentativa) de dar um maior cunho dramático e, mesmo voltando aos trilhos próximo do final, acaba ofuscando muito das gargalhadas dos dois primeiros atos.

O Golpista do Ano” flerta com todos os assuntos referentes a homossexualidade, desde a sofisticação da elite gay até a doenças sexualmente transmissíveis com um bom humor que não deve ofender nem a gregos, nem a troianos. É deixar o preconceito de lado e dar boas gargalhadas ao lado de Carrey e sua trupe.

[rating:3.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Jim Carrey
Ewan McGregor
Rodrigo Santoro
Leslie Mann
Nicholas Alexander
Brennan Brown
Marylouise Burke

Direção:
John Requa
Glenn Ficarra

Produção:
Andrew Lazar
Far Shariat

Fotografia:
Xavier Pérez Grobet

Trilha Sonora:
Nick Urata

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑