O Homem que Matou Dom Quixote (“The Man Who Killed Don Quixote”)

Esse filme de Terry Gillian, membro do icônico grupo de comédia inglês Monty Python, demorou mais de 30 anos para ser feito em 8 tentativas. Dizem esse ser o filme mais azarado do mundo. Foram tantos contratempos que Gillian fez um documentário sobre uma das tentativas frustradas em 2002 chamada “Perdido em La Mancha” quando o casting tinha ninguém menos que Johnny Depp.

Finalmente no ar em 2018, o filme conta sobre o diretor Toby (Adam Driver de “Os Mortos Não Morrem”) que está filmando na Espanha o clássico Dom Quixote que 10 anos antes fora seu projeto de formatura, o qual também foi feito na região. Sem inspiração, ele vai para a vila onde havia concebido o primeiro projeto e vê que lá tudo mudou após a produção, inclusive o sapateiro contratado para ser Dom Quixote (Jonathan Pryce de “Dois Papas”) se achava mesmo o herói.

Toby acaba acompanhando sem querer o velho louco, o qual o leva para aventuras surreais, sendo que ele ainda tem que lidar com o gangster russo que está bancando o filme e que pegou como namorada sua antiga paixão Angélica (a atriz portuguesa Joana Ribeiro).

Gillian, que já dirigiu filmes abstratos como “12 Macacos” e “Contraponto” consegue fazer um épico de humor que flerta com o quarto muro, tem bom humor, ao mesmo tempo em que desenha uma peculiar jornada para cada um de seus personagens principais e faz com que o espectador crie afinidade tanto com Toby, quando com o falso e louco Dom Quixote.

Aliás o elenco está sensacional, desde os coadjuvantes. Só que a dupla de protagonistas dá um show a parte com Driver num perfeito timing cômico e Pryce com um carisma imenso em sua caracterização.

Dividido em 3 fases distintas, a melhor é a segunda, onde nossos dois heróis perambulam pelo deserto num misto de imaginação e realidade. A parte final mistura ação e emoção e tem um dos desfechos mais fora da caixa dos últimos tempos, o que pode não agradar a todos, mas é bastante original. Destaque para cenografia e figurino coloridos e brilhantes, quase teatrais.

O Homem Que Matou Dom Quixote” está longe do circuito mais comercial, porém tem uma aura própria e transita entre o drama e a comédia bem como entre o real e a ficção com uma destreza que só a mente de Terry Gillian poderia conceber.

Ficha Técnica

Elenco:
Adam Driver
Jonathan Pryce
Stellan Skarsgård
Olga Kurylenko
Jordi Mollà
Joana Ribeiro
Óscar Jaenada
William Miller
Will Keen
Jason Watkins
Paloma Bloyd
Viveka Rytzner
Bruno Sevilla
Jorge Calvo

Direção:
Terry Gilliam

Produção:
Mariela Besuievsky
Amy Gilliam
Gerardo Herrero
Grégoire Melin

Fotografia:
Nicola Pecorini

Trilha Sonora:
Roque Baños

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑