O Pior Trabalho do Mundo (“Get Him to the Greek”, EUA, 2010)

Genre : ,

Quem viu o ótimo “Ressaca de Amor” conheceu o amalucado rock star Aldous Snow (o comediante tão maluco quanto, Russel Brand). Então só pelo fato de escreverem um spin off dessa comédia sendo ele o personagem principal (ou um dos) já é motivo suficiente pra dar uma olhada.

Jonah Hill, que também fez uma ponta em “Ressaca do Amor“, é Aaron um promotor musical que trabalha numa gravadora com dificuldades financeiras. Ele dá a idéia de trazer para um mega show o então decadente Aldous Snow e seu chefe (o surpreendentemente engraçado cantor / produtor Sean Combs, ou melhor Puff Daddy, ou melhor, Puff Diddy) ordena que Aaron vá pessoalmente escoltar o cantor para a arena do show que acontecerá em dois dias. Só que Aldous é tão insano que levará Aaron a uma jornada com muito sexo, drogas e rock’n’roll e, é claro, muitas risadas.

Estranhamente os roteiristas não fazem menção ao personagem de Hill quando ele apareceu em “Ressaca do Amor” – lá ele trabalhava no hotel, mas colocam até uma hilária notação sobre o caso de Aldous com Sarah Marshall numa rápida mas interessante cena. O filme aposta na óbvia química entre a dupla de protagonistas cujas personalidades são diametralmente opostas. Só que ele gasta muitos dos seus já longos 109 minutos batendo na tecla em que Aldous faz com que Aaron se drogue. Chega num ponto em que a piada satura. A narrativa só entra no ritmo novamente a partir da cena da briga na cobertura do hotel (uma das melhores) e mesmo assim ainda fica meio fora do lugar um ménage a trois um pouco depois.

Mesmo sendo engraçado e contando com a participação de vários grandes nomes da música, “O Pior Emprego do Mundo” é um tanto repetitivo e irregular, mas vale pela dinâmica entre o elenco e por ainda fazer um humor inteligente mesmo na piada mais besteirol, cortesia da trupe do produtor Judd Apatow.

[rating:3]


Ficha Técnica

Elenco:
Jonah Hill
Russell Brand
Rose Byrne
Sean Combs
Elisabeth Moss
Colm Meaney
– Participações especiais
Lars Ulrich
Mario Lopez
Pink
Billy Bush
Kurt Loder
Christina Aguilera
Danny O’Leary

Direção:
Nick Stoller

Produção:
Judd Apatow
David L. Bushell
Rodney Rothman

Fotografia:
Robert Yeoman

Trilha Sonora:
Jonathan Karp
Lyle Workman

 

2 Comments

Leave us a comment

  • silvio3611
    on

    Russel Brand é um puta de um scumbag (não sei como conseguiu casar com a Kate Perry e ser amigo do Noel Gallagher, que são pessoas mt mais interessantes q ele), porém, vale a pena assistir pelo Jonah Hill, e ateh mesmo o próprio Brand não está tão ruim no filme.

  • Juliano
    on

    Achei que este filme de comédia tem poucas “piadas” (ou momentos divertidos), porém sendo a maioria muito forte.

    Cada situação maluca que acontece, sendo que estas acabam gerando piadas mais constrangedoras do que engraçadas.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑