O Poderoso Chefinho 2: Negócios da Família (“The Boss Baby: Family Business”)

Apesar da continuação ser levemente melhor que o primeiro, ainda sofre dos mesmos males como um conjunto de lições não aprendidas.

Aqui Tim, o menino que tinha a imaginação fértil já é casado e com duas filhas, enquanto seu irmão Ted, o “chefinho” do primeiro, virou um executivo de sucesso sem tempo para a família. É quando se descobre que a filha mais nova de Tim, Tina, também trabalha na Baby Corps e tem uma missão que precisa de Tim e Ted juntos. Mas não só isso: eles bebem uma fórmula mágica que os fazem virar crianças novamente por 48 horas.

No primeiro ato o diretor Tom McGrath, também do antecessor, volta a explorar a parte mais chata que é a imaginação fértil de Tim. Se no primeiro, havia uma desculpa (esfarrapada) para contar uma história de transição da infância, neste já não tem serventia alguma. Porém, da mesma forma que entra, lá pelo segundo ato, o diretor esquece do tema e foca na história da missão que, aí sim, é a melhor parte.

O roteiro também faz um revival da rixa de Tim e Ted, o que é explicável e até relevante, mas não original: os dois personagens muito próximos que o tempo separou e por conta de um evento, eles devem se reaproximar e ajustar seus laços de amizade.

A produção só decola mesmo quando colocam as bobagens imaginárias de lado e focam na ação, a qual está engraçadíssima e muito bem orquestrada.

O único ponto de agonia são as cenas de Tim criança com sua filha mais velha Tabatha que por pouco não gera uma Síndrome de McFly (se não sabe o que é, vai nas curiosidades, mas conterá SPOILERS). O final clichê, mas bonitinho ainda promete puxar mais uma continuação ou então aponta para a série que já está no ar.

O Poderoso Chefinho 2” tem ação mais descomplicada, história mais objetiva, mesmo que recaia em alguns dos erros que fez o original ser tão mediano.

SPOILERS – SÓ LEIA DEPOIS DE TER VISTO O FILME!

– A Síndrome de McFly é o que acontece no clássico “De Volta Para Futuro” quando a mãe de Marty Mcfly começa a gostar dele em 1955. No desenho “O Poderoso Chefinho 2”, Tim vira uma criança da idade de Tabatha e eles acabam ficando bastante próximos e, apesar de nada demais ter acontecido, fica uma certa agonia.

Ficha Técnica

Elenco:
Alec Baldwin
James Marsden
Amy Sedaris
Ariana Greenblatt
Jeff Goldblum
Eva Longoria
James McGrath
Jimmy Kimmel
Lisa Kudrow
Raphael Alejandro
Serenity Reign Brown

Direção:
Tom McGrath

Produção:
Jeff Hermann

Trilha Sonora:
Steve Mazzaro
Hans Zimmer

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑