Os Cavaleiros do Apocalipse (“The Horsemen”, EUA, 2009)

Genre :

[youtube IS98wQsg2q8]

Tentando lembrar “Seven – Os Sete Pecados Capitais“, a trama deste suspense policial baseia-se num agente Aindan (Dennis Quaid de “G.I. Joe“) que investiga uma série de assassinatos inspirado em sinais bíblicos, os quais podem ter sido feitos por um grupo que dá o nome ao título do filme. Afastado emocionalmente dos seus dois filhos desde a morte da esposa, o detetive mergulha de vez no caso, aumentando esse abismo sentimental, provocando o descontento do mais velho (Lou Taylor Pucci de “The Go-Getter“).

Os dois primeiros atos não chegam a cansar o espectador porque ainda preservam aquele clima de tensão peculiar ao gênero e levanta aos mais aficionados com cenas de violência gráfica explicita. Só que daí os roteiristas parecem ter chegado numa encruzilhada e começara a escrever coisas completamente sem sentido.

Tentando não estragar a surpresa – se bem que a surpresa é quase um insulto para a mente do espectador – é de total incoerência quando o protagonista chega na acertada conclusão que armar um assassinato como estava sendo feito era tarefa de ais de uma pessoa e no final, ele jogar essa premissa no lixo. Pior ainda é conceber que o quartel general do grupo estaria num lugar tão fácil e mesmo assim nosso inteligentíssimo herói, por mais emocionalmente conturbado que ele tivesse, não o tenha achado. Isso sem contar a personagem de Zhang Ziyi (“O Clã das Adagas Voadoras“) que não fede nem cheira, não agrega em quase nada na narrativa, só ocupa espaço, e ainda tem um comportamento totalmente incoerente com o que se esperaria, independente de qualquer reviravolta.

Os Cavaleiros do Apocalipse” acaba sendo uma tentativa frustrada, mesmo que bem acabada tecnicamente, de se desenvolver um exemplar surpreendente do gênero. Bem, ele surpreende. No mal sentido.

[rating:2]


Ficha Técnica

Elenco:
Dennis Quaid
Zhang Ziyi
Lou Taylor Pucci
Clifton Collins, Jr.
Patrick Fugit
Barry “Shabaka” Henley
Neil McDonough
Peter Stormare

Direção:
Jonas Åkerlund

Produção:
Michael Bay
Andrew Form
Brad Fuller

Fotografia:
Eric Broms

Trilha Sonora:
Jan A.P. Kaczmarek

 

1 Comment

Leave us a comment

  • didier
    on

    belacritica

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑