Se Beber, Não Case (“The Hangover”, EUA, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre : ,

Quem disse que uma premissa requentada não dá um ótimo filme. Sim, para quem não lembra, “Cara, Cadê Meu Carro?” de 2000, parte exatamente da mesma premissa. Na verdade, seria até mesmo uma mistura desse com “Uma Madrugada Muito Louca“. O bom é que o diretor Todd Phillips de “Anos Incríveis” pegou o que há de melhor nos dois.

Quatro amigos vão para Las Vegas fazer a despedida de solteiro de um deles. No outro dia eles acordam sem ter a menor idéia do que aconteceu na noite pregressa e com um detalhe: o noivo (da saga “A Lenda do Tesouro Perdido“) sumiu. Eles têm então 24 horas para achar pistas que os levem a descobrir o paradeiro do amigo, bem como se livrar de todas as confusões que se meteram quando porres.

Phillips conseguiu o prodígio de um sucesso instantâneo usando atores relativamente desonhecidos. Apenas Bradley Cooper (“Ele Não Está Tão a Fim de Você“) se destaca como Phil, o líder do trio com supostos problemas de casamento. Além dele temos Stu (Ed Helms de “O Grande Dave“), cuja namorada o leva na coleira; e Alan (Zach Galifianakis de “Na Natureza Selvagem“), o irmão da noiva e que simplesmente não é normal. Mais do que isso, a química entre o trio principal é o motor proprulsor da trama.

Há anos luz do politicamente correto, 90% das cenas são tão bem escritas que o choque do público torna-se natural. Apenas 10% tem uma exibição gráfica apelativa. As situações nas quais nossos heróis se encontram são hilárias e fará o público rir do início ao fim. E rir desse jeito é um prodígio para um filme que não se propõe a ser um mero besteirol, mas uma diversão inteligente. Com todas as maluquices, ainda há uma deliciosa exibição de fotos no final e deve fazer o mais sério espectador chegar às lágrimas do riso. Contar mais seria estragar as surpresas.

Com uma participação especial até de Mike Tyson, “Se Beber, Não Case” talvez se estabeleça desde já como a melhor comédia do ano, mostrando que criatividade e originalidade são conceitos relativos quando se tem um talento bem acima do normal.

[rating:4.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Bradley Cooper
Ed Helms
Zach Galifianakis
Heather Graham
Justin Bartha
Jeffrey Tambor
Sasha Barrese
Jernard Burks
Bryan Callen
Sondra Currie
Mike Epps
Nathalie Fay
Dan Finnerty
Rachael Harris
Ken Jeong
Todd Phillips
Mike Tyson

Direção:
Todd Phillips

Produção:
Todd Phillips
Daniel Goldberg

Fotografia:
Lawrence Sher

Trilha Sonora:
Christophe Beck

 

2 Comments

Leave us a comment

  • curare
    on

    Se não estiver bêbado não veja este filme. A única química que vi entre os personagens foi a droga que eles tomaram. Essa pseudocomédia esta mais para Cara, Cadê Meu Carro? Do que para Uma Madrugada Muito Louca. O lado bom de tudo isso é poder dizer: Aldo você é humano! Decididamente não vimos o mesmo filme! Um abraço!

  • saullo
    on

    bom…eu nem vou muito p lado do curare e nem muito p do aldo, pq parece q um achou o filme a coisa mais incrivel do mundo e o outro achou a maior das bostas, entao prefiro dizer o filme é razoavel. tem cenas engraçadas, engraçadas demais até, mas tem umas outras nada a ver também.
    aquele gordinho nao conseguiu mostrar muito graça nao, véi.

    num todo o filme é legal, mas é so mais um filme de comedia como qualquer outro, e até vale o ingresso sim, no caso, a locaçao, pq já faz tempo q saiu do cinema.

    XD

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑