Tempos de Violência (“Harsh Times”, EUA, 2006)

Genre : ,

[youtube XbS7M4-Y87Y]

Mais um da série “porque não lançaram no cinema?“, “Tempos de Violência” é um filmaço feito aos moldes de “Dia de Treinamento“, pelos seus mesmos produtores e fala sobre um recém chegado da guerra do Iraque (Christian Bale, o novo “Batman“) que procura um emprego junto com seu melhor amigo (Freddy Rodriguez de “Poseidon“). Transtornado e instável pelas mazelas da guerra, ele tenta manter seu equilíbrio enquanto lida com drogas, tráfico de armas e muito álcool.

Bale entrega a interpretação de sua vida que deveria ter sido indicado ao Oscar, nesta espiral de tensão que cada vez aumenta em direção a um final chocante, mesmo que não seja tão surpreendente. Feito com câmeras digitais, tem aquela saturação de cores e granulação que nos passa uma impressão mais real do que está na tela. Simplesmente imperdível.

Nota 9


Ficha Técnica

Elenco:
Christian Bale
Freddy Rodriguez
Eva Longoria
Terry Crews
Noel Guglielmi

Direção:
David Ayer

Produção:
David Ayer
Devorah Herbert
Andrea Sperling

Fotografia:
Steve Mason

Trilha Sonora:
Graeme Revell

 

5 Comments

Leave us a comment

  • Clayton Nogueira
    on

    Epa!!! De Christian Bale eu entendo, no bom sentido, lógico. Esse filme costumo definí-lo como “angustiante”. Bale faz com que torçamos e tenhamos temor por ele ao mesmo tempo. De final lógico e inevitável, é um filme com começo, meio e fim, de boas interpretações (excelente no caso de Bale), e com a direção parecendo fazer o seu papel, ou seja, não atrapalhar.

  • Valente
    on

    O filme é muito bom, aluguei-o porque não tinha nada que me parecesse melhor na locadora, mas não pus muita fé nele não, pois achei que seria mais um daqueles filmes que só tem tiro e explosão para todo lado, mas o filme é estupendo, pena que não foi muito divulgado, aliás, ultimamente os filmes que eu considero bons não estão sendo muito divulgados, com exceção do Senhor dos Anéis, seria alguma mudança na mentalidade ocidental que a minha mente insubimissa não aceita? Bom, voltando ao assunto, o filme traz muitas mensagens interessantes, principalmente a questão das consequências de nossas escolhas sejam certas ou erradas, e a fragilidade humana, pois a guerra destruiu a personagem Jim Davis, o tornando um paranóico, psicopata suicida. Mas por outro, lado mostra um lado humano e belo, como a amizade dos dois personages.
    Um belo e profundo filme.

  • Douglas Braga
    on

    Imperdível! Surpreendente! Peguei esse DVD na locadora, baseando-me na sinopse constante da capa, já adquirindo a intuição de que ficaria satisfeito com a opção. O que constatei à medida que o filme avançava foi que essa se trata da maior interpretação de Christian Bale – ele está totalmente irreconhecível! Nunca pensei que ele pudesse se sentir à vontade nesse tipo de papel. Não consigo entender por que esse filme não entrou no circuito cinematográfico, Bale foi tremendamente INJUSTIÇADO(!) – garanto que ele teria amealhado um Oscar por sua atuação. Quem ainda não assistiu a esse filme, poderá confirmar tudo o que escrevi aqui.

  • Gabriela
    on

    Olá, acabei de assistir esse filme por acaso… quer dizer, tentei assistir… tirando a atuação de Bale, nada mais para ressaltar no filme… acabei pulando direto para a última a cena…

  • Jean Jacques
    on

    Os atores até que são bons mas o filme é fraco, parece mais duas crianças aprontando travessuras de gente grande, está ai um filme que não pretendo ver de novo

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑