Vigaristas em Hollywood (“The Comeback Trail”)

Remake do filme homônimo de 1982, mostra na década de 70 Robert De Niro (“Guerra com o Vovô”) como Max, um produtor de quinta categoria que junto com seu sobrinho Walter (Zach Braff de “Um Beijo a Mais”) tenta manter a produtora de pé.

Depois de ser ameaçado pelo agiota Reggie (Morgan Freeman de “Dupla Explosiva 2”) para o qual deve muito dinheiro, Max tem a idéia de fazer um filme de mentira, pegando um ator fora de linha, causando um acidente, mantando o coitado e recebendo o dinheiro do seguro. Só que o ator Duke Montana (Tommy Lee Jones de “Ad Astra – Rumo às Estrelas”) não morre de jeito nenhum.

O diretor George Gallo que já tem um histórico ruim com “Segredos do Passado” pegou um bom roteiro que não soube executar. Poderia ter descambado para uma comédia besteirol, o que seria ótimo, mas preferiu resistir e tentar, mesmo com todo o ótimo humor tosco, fazer uma comédia pé no chão. O choque entre abordagens tão diferentes deixou a produção no mínimo esquisita: tenta manter uma dignidade que não tem e nem deveria ter, talvez para preservar o legado do trio de protagonistas veteranos que provavelmente estão em tela só para pagar o aluguel e ainda assim parecem estar se divertindo bastante.

Gallo não tem a menor sensibilidade para equilibrar suas cenas, o que se vê na trilha sonora de Aldo Shllaku (parceiro do diretor em seus filmes): alguns momentos que mereciam um som mais ambiente, ele joga uma orquestra estrondosa como num filme de terror, como se o compositor a toda hora quisesse roubar as atenções para a sua própria trilha. Não colou.

Ainda se tem a mania de se fazer um clímax mais agitado numa comédia de terceira idade e fica parecendo falso, por mais que os atores se esforcem. Eles até que estão muito bem, mas o roteiro os sabota com mudanças de comportamento absurdas que acontecem num piscar de olhos, apenas para a conveniência da trama.

Vigaristas em Hollywood” não é uma comédia besteirol, mas deveria ter se rendido a ela. Não é um filme ruim, mas tem uma execução que é muito insuficiente. Para os fãs do elenco exemplar, vale uma olhadela.

Ficha Técnica

Elenco:
Robert De Niro
Tommy Lee Jones
Morgan Freeman
Zach Braff
Emile Hirsch
Sheryl Lee Ralph
Kate Katzman
Eddie Griffin
Chris Mullinax
Patrick Muldoon
Julie Lott
Blerim Destani
Vincent Spano
Paul Witten
Aighleann McKiernan
Melissa Greenspan
Joel Michaely
Jermaine Washington
Desiree Geraldine
Morse Bicknell

Direção:
George Gallo

Produção:
Patrick Hibler
Joy Sirott Hurwitz
Phil Kim
Julie Lott
David E. Ornston

Fotografia:
Lucas Bielan

Trilha Sonora:
Aldo Shllaku

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑