Viúva Negra (“Black Widow”)

A trama de “Viúva Negra” é a que mais se encaixaria num enredo pé no chão geopolítico sem alienígenas e magia, tal qual o sensacional “Capitão América e o Soldado Invernal” ou a série “Falcão e o Soldado Invernal” da Disney+.

Consegue ser uma história de origem sem necessariamente se passar em sua origem. No início sim, vemos as duas crianças, Natasha e Yelena entendendo que sua vida era uma farsa com seus pais de mentira Alexei (David Harbour de “Resgate”) e Melina (Rachel Weisz de “A Juventude”) sendo na verdade espiões russos infiltrados nos EUA.

Corta para o onde a história se passa valendo, logo após os eventos de “Capitão América – Guerra Civil”, quando Natasha foge das forças armadas e acaba encontrando com seu passado através de uma missão que deu errado para a sua irmã postiça (já adulta, Florence Pugh de “A Maldição dos Esquecidos”). Isso vai leva-la a famosa Sala Vermelha, seu ex-mentor e nêmesis, e ainda um vilão novo chamado Treinador que tem um “poder” especial que vai lembrar de quase todos os Vingadores.

A diretora Cate Shortland de “Síndrome de Berlim” soube muito bem equilibrar uma jornada emocional com ação desenfreada (às vezes desenfreada demais) e as já famosas pitadas de humor da Marvel (às vezes pitadas demais, mas sem incomodar).

O elenco está escolhido a dedo e Florence Pugh esbanja carisma e, desde já, tende a se tornar a sucessora “espiritual” da Viúva Negra. Tanto que o roteiro consegue fechar em definitivo (será?) o arco dramático da personagem de Scarlett Johansson que pode tranquilamente se unir a personagens de seu universo cinematográfico como Tony Stark e Steve Rogers como aqueles mais completos, complexos e profundos da Marvel.

Tão incrível como ver seu desfecho que, obviamente, vai culminar com os eventos de “Vingadores: Guerra Infinita”, é o espectador fazer a ponte mental (e o filme permite isso) com o que sabemos ser o destino de Natasha e ainda se surpreender com uma cena pós créditos que faz o filme em si abrir a fase 4 do MCU, expandindo seus tentáculos para seus vários meios, seja cinema ou streaming.

Viúva Negra” é a essência de uma Marvel divertida e dramática ao mesmo tempo, que se preocupa com o entretenimento sem tirar o olho do desenvolvimento de personagens, pois sabe que a ação surpreende, mas são os personagens que prendem o espectador à história.

Curiosidades:

– Nos quadrinhos Melina é conhecida como Dama de Ferro.
– No filme Alexei se apresenta como a figura paterna de Natasha. Nos quadrinhos eles são marido e mulher.
– A Natasha criança é interpretada por Ever Anderson, filha da atriz Milla Jovovich.

Ficha Técnica

Elenco:
Scarlett Johansson
Florence Pugh
Rachel Weisz
David Harbour
Ray Winstone
O-T Fagbenle
William Hurt
Olga Kurylenko
Ever Anderson
Violet McGraw
Ryan Kiera Armstrong
Liani Samuel
Michelle Lee

Direção:
Cate Shortland

Produção:
Kevin Feige

Fotografia:
Gabriel Beristain

Trilha Sonora:
Lorne Balfe

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑