Zumbilândia (“Zumbiland”, EUA, 2009) ***NOS CINEMAS***

Genre :

[youtube oC4N_OzZYSw]

Achar que “Zumbilândia” é mais ou menos original depende muito do cinéfilo. Pra quem nunca viu filme do gênero – o qual começou a tomar corpo com a ótima comédia britânica “Todo Mundo Quase Morto” – deve sair do cinema achando esta nova produção uma delícia de comédia. Já pra quem sabe que existem filmes como “Planeta Terror“, “Fido – O Mascote“, “As Strippers Zumbi” e mais recentemente “Last of the Living“, aliás, produção essa com temática muito próxima a “Zumbilândia“.

Porém a inovação está no conjunto de improváveis personagens que conseguem sobreviver à doença que transformou todos em zumbis. Jesse Eisenberg (“Férias Frustradas de Verão“) é Columbus (não é o nome dele, mas de onde veio) e funciona como nosso guia para entender que ele é um nerd que muitos considerariam como perdedor, mas justamente por suas manias e distanciamento da sociedade, criou um conjunto de regras que o permitiu escapar da hecatombe de mortos-vivos. Inclusive o ponto alto é a maneira como as regras são dispostas ao longo da produção, principalmente no primeiro ato, com efeitos especiais de primeira linha.

Pouco depois conhecemos os demais personagens: Tallahassee, interpretado por Woody Harrelson (“2012“) se divertindo horrores na pele de um machão com um ponto fraco por bolinhos e as irmãs Wichita e Little Rock (Emma Stone de “A Casa das Coelhinhas” e Abigail Breslin de “Uma Prova de Amor” respectivamente), uma dupla de adolescentes que só pensam em se dar bem. A química é muito boa entre os integrantes no elenco com seus bons momentos e o relacionamento entre eles parece se refletir bem mais que a própria temática de zumbis, relegada a segundo plano, já que vemos poucas boas cenas de efeitos especiais dos mortos-vivos sendo dilacerados (a ótima cena do acidente de carro no início por conta do cinto de segurança é antológica). E também é impagável a ótima participação do ator Bill Murray interpretando a ele mesmo e parodiando um de seus maiores papéis, em “Caça-Fantasmas“.

Agora “Zumbilândia” nada acrescenta ao gênero e é esquecido em menos de meia hora após o cinema. Diversão leve e descompromissada, até vale uma ida ao cinema pra quem não passa um fim de semana longe, frente aos lançamento medianos dos últimos tempos ou, como disse no início pra quem desconhece comédias sobre zumbis. Para os demais, melhor alugar em DVD.

[rating:3]


Ficha Técnica

Elenco:
Woody Harrelson
Jesse Eisenberg
Emma Stone
Abigail Breslin
Amber Heard
Bill Murray

Direção:
Ruben Fleischer

Produção:
Gavin Polone

Fotografia:
Michael Bonvillain

Trilha Sonora:
David Sardy

 

2 Comments

Leave us a comment

  • silvio3611
    on

    assisti ontem, destaque para a participação do sempre impagável Bill Murray, de resto achei o filme razoável, mas nem se compara com Shaun of the Dead (Todo Mundo Quase Morto), com esse dei mta risada.

  • Juliano
    on

    “é esquecido em menos de meia hora após o cinema” impressionante Aldo, foi realmente isso que aconteceu comigo.

    E Todo Mundo Quase Morto é muito engraçado mesmo.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑