A Casa do Medo – Incidente em Ghostland (“Incident in a Ghostland”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2018

Esse subtítulo “Incidente em Ghostland” que é a tradução literal do título original mais atrapalha do que ajuda o expectador. Pitacos de marketing à parte, há uma surpreendente originalidade no roteiro dessa despretensiosa produção.

Duas meninas e sua mãe se mudam pra uma casa isolada e prá lá de amendrontadora. O que elas não sabem é que dois maníacos as seguiram e o que se segue é uma atrocidade. Anos depois, uma das meninas já adulta, Beth (Crystal Reed de “Skyline – A Invasão” e mais conhecida como uma das vilãs de da série “Gotham”) volta pra essa casa pra visitar sua mãe (a cantora francesa Mylène Farmer) e sua irmã Vera (a desconhecida Anastasia Phillips) e estranhos fenômenos começam a acontecer.

Uma das marcas registradas do diretor Pascal Laugier (“O Homem das Sombras”) é a violência explícita que dá as caras e satisfaz, principalmente aliada a uma ótima engenharia de sim que a potencializa e a trilha sonora de seu parceiro de longa data Todd Bryanton.

Outro acerto foi as posições de câmera sempre passando a sensação de claustrofobia, juntamente com a cenografia da casa que é de arrepiar. Por sinal, é interessante que a casa em si desempenha um papel importante na ambientação, mas não tem a menor “culpa” pelos acontecimentos.

Agora, como citei no início, a grande reviravolta é a maneira como o roteiro trata a fase adulta das personagens e no que se refletem os acontecimentos. Não é algo totalmente imprevisível, mas inventivo e coerente, e que, independente do grau de surpresa do espectador ao descobrir do que se trata, casa direitinho com o resto da história quando pensamos nas pistas que são deixadas. Inclusive o roteiro faz questão de ser explicativo sem precisarmos necessariamente fazer uma análise em retrospecto para entendermos melhor.

A Casa do Medo” é um sopro de originalidade com uma boa dose de violência – mostrada e/ou simbolizada – que quebra um pouco da rotina do tipo de filmes de terror que estreavam nos cinemas. É o filme que Rob Zombie sempre quis fazer, mas não conseguiu.

Curiosidades:

– Antes de fazer esse filme, o diretor Pascal Laugier fez um documentário sobre a carreira da cantora Mylène Farmer. Gostou tanto que a escalou para “A Casa do Medo”.
– Há uma referência a Rob Zombie no filme, pois uma das inspirações do diretor foi o filme “A Casa dos Mil Corpos” de Zombie.
– O garoto Amish que corre na plantação no início é uma homenagem ao clássico “Colheita Maldita”.
– A atriz Taylor Hickson que interpreta Vera mais nova sofreu uma lesão tópica na face por causa da maquiagem e processou a produção do filme depois da conclusão das filmagens.

Ficha Técnica

Elenco:
Crystal Reed
Mylène Farmer
Anastasia Phillips
Emilia Jones
Taylor Hickson
Kevin Power
Rob Archer
Mariam Bernstein
Alicia Johnston
Ernesto Griffith
Adam Hurtig
Denis Cozzi
Sharon Bajer
Tony Braga
Paul Titley

Direção:
Pascal Laugier

Produção:
Ian Dimerman
Scott Kennedy
Jean-Charles Levy
Nicolas Manuel
Clément Miserez
Brendon Sawatzky
Sami Tesfazghi
Matthieu Warter

Fotografia:
Danny Nowak

Trilha Sonora:
Todd Bryanton

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑