O Chamado 2 (“The Ring Two”, EUA, 2005)

Genre :

[youtube zB5Jdp8kK7c]

Após essa coluna ter assistido às recentes refilmagens americanas de filmes de terror japoneses (“O Chamado”, “O Grito”, “O Chamado 2”) e a vários filmes de terror originalmente japoneses (“Visões da Morte”, “O Olho”, etc…), chegamos a uma conclusão: eles gostam de assustar, mas não gostam de explicar. Isto é, esse tipo de filme contém vários sustos, mas pouca ou nenhuma coerência.

Na primeira e ótima parte de “O Chamado”, o qual é, até agora, a unica regravação japonesa com algum sentido, vimos a luta de Rachel (Naomi Watts, de “21 Gramas”) para salvar a si e a seu filho da maldição de uma fita-cassete que mata a quem assiste sete dias depois. Descobriu que essa maldição é obra do espírito de uma garotinha chamada Samara, que fora morta pela sua própria mãe adotiva e que, de uma forma bizarra, volta nessa tal fita para matar.

Sabiamente, nessa primeira parte muitas explicações foram omitidas para que pudessem vir à tona na continuação. Porém, em “O Chamado 2”, apesar de conter parte das explicações, sua trama subverte tudo o que foi dito no primeiro. Dessa vez, uma cópia da fita chega até a cidade onde Rachel se encontra. Ela então encontra e queima a cópia, sendo que inexplicavelmente o espírito de Samara (contrariando qualquer nexo com a primeira parte) começa a atormentar mãe e filho e se descobre que ela quer mesmo é se apossar do corpo de Aidan (filho de Rachel).

Inclusive, o filme já começa de forma estranha, pois um adolescente força sua paquera à assistir a fita já sabendo que para se livrar da maldição, ele deveria fazer alguém ver o conteúdo da fita amaldiçoada. Apesar de fazer sentido, no primeiro a forma de não morrer era fazer uma cópia da fita. E pior, como ele sabia que ele deveria fazer isso para escapar da maldição?

Tal qual em “O Grito”, o diretor Hideo Nakata (que dirigiu as duas primeiras partes de “O Chamado” original japonês) utiliza poucos efeitos especiais e bons efeitos de câmera para potencializar os poucos, mas eficientes sustos. Este se baseia mais na tensão do que pode acontecer, do que nos sustos propriamente ditos, o que é um ponto interessante e em falta nos filmes atuais do gênero.

Mas não adianta muito frente a um roteiro forçado apenas para a continuação existir. O que dizer da trama dos cervos, cuja explicação estapafúrdia serviu somente para a cena do susto acontecer, não agregando em nada ao roteiro?

“O Chamado 2” é um filme que muitos vão gostar por causa do terror e tensão que imprime, mas que no fim do dia, poucos vão lembrar do que aconteceu, já que não há história, tampouco coerência. Para garantia de terror com história, alugue o primeiro em DVD.

[rating:2]


Ficha Técnica

Elenco:
Naomi Watts
Simon Baker
David Dorfman
Elizabeth Perkins
Sissy Spacek

Direção:
Hideo Nakata

Produção:
Laurie MacDonald
Walter F. Parkes

Fotografia:
Gabriel Beristain

Trilha Sonora:
Hans Zimmer

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑