Confinados (“The Confines” / “The Abandoned”)

Genre :
Actor : , ,
Country :
Release Date : 2015

Filmes B por si só já tem um problema intrínseco de qualidade que deve ser vencido com criatividade, por conta do baixo budget. “Confinados” não chega a vencer, mas pelo menos empata.

Louisa Krause de “Cães Selvagens” é Streak, uma jovem com problemas psicológicos que, para não perder seu filho na justiça, arranja um emprego de vigia numa grande mansão abandonada, podendo apenas contar com seu parceiro nada amigável Cooper (Jason Patric de “O Príncipe” já se rendendo aos filmes B). Não é difícil imaginar o resultado da combinação Mansão Abandonada + Noite + Mulher com distúrbios mentais.

O roteiro não esconde a real natureza do que pode ameaçar a protagonista, mas ele segura bastante tempo desenvolvendo a tensão para que o espectador possa duvidar se é um evento sobrenatural ou se é algo de sua cabeça. Nessa hora a condução deve dividir opiniões que podem variar de morosidade (negativa) até uma boa criação de suspense.

Ficando com esta última, até porque as sequencias não são repetitivas, o diretor utiliza o revezamento das câmeras entre terceira e primeira pessoa sem apelação com poucos, mas genuínos sustos. O terceiro ato perde um pouco a mão por causa de algumas edições mal feitas, mas se redime no desfecho que, mesmo não original, não deixa de ser uma reviravolta que consegue amarrar o resto da trama.

Sem efeitos especiais, dependendo apenas de efeitos mecânicos e uma maquiagem de qualidade duvidosa, falta muito arroz com feijão para “Confinados” deixar de ser mediano, mas há uma criatividade inerente que permite que os fãs do gênero possam ter uma satisfação melhor que o esperado. Vale a tentativa.

Curiosidade: Em alguns países a produção tem o título original de The Confines (Confinados) e em outros The Abandoned (Abandonados)

Ficha Técnica

Elenco:
Jason Patric
Louisa Krause
Mark Margolis
Ezra Knight

Direção:
Eytan Rockaway

Produção:
Mike Landry
Eytan Rockaway
Carlos Velazquez

Fotografia:
Zack Galler

Trilha Sonora:
Max Aruj

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑