Apenas Deus Perdoa (“Only God Forgives”)

Genre :
Actor : ,
Director :
Country : , , , ,
Release Date : 2013

Ficha Técnica

Quando o cineasta Nicolas Winding Refn fez sensacional “Drive” com Ryan Gosling, ele conseguiu combinar uma estética muito peculiar com uma trilha totalmente aderente ao visual que dava à história um tom que variava do real ao surreal, mas sem absurdos e sustentada por ótimas atuações.

Já em “Apenas Deus Perdoa”, ele pegou a estética, a trilha e esqueceu do resto. Na Tailândia, Julian (Gosling) comanda uma academia de luta junto com seu irmão Billy (Tom Burke de “Cheri”) que é fachada para tráfico de drogas. Após Billy estuprar e matar uma garota, o misterioso agente policial Chang (o ator oriental Vithaya Pansringarm) faz com que ele seja morto e desperta a fúria da mãe dos rapazes que viaja dos EUA até a Tailândia para tramar a morte de Chang. Entretanto, as coisas tomam um rumo inesperado.

Na maioria de seus 90 minutos, recheia a tela com simbolismos vazios, mesmo com a história forte, o que pelo menos ajuda. Ela foge dos clichês com a vingança promovida pela mãe interpretada por uma ótima e irreconhecível Kristin Scott Thomas (“Bel Ami – O Sedutor”), já que seu filho era um crápula e, Julian era apenas uma sombra dele. Outro destaque vai para o ator Vithaya Pansringarm que faz de Chang, a mando do diretor, como um deus que flutua e tem o poder de justiça sanguinária qualquer que seja seu veredito. O tema parece ser tão místico que a sua espada de samurai simplesmente aparece por trás de sua roupa, mesmo quando segundos antes quando o ator é filmado de costas, ela não se encontra lá. Com certeza, isso é menos erro de continuação e mais abstração da cabeça de Refn.

E é pelo excesso de abstração e contemplação muda que o longa vai se tornando moroso e vai drenando sua atratividade até deixar o espectador apático e refém da boa mescla de imagem e som (do ótimo Cliff Martinez de “Spring Breakers – Garotas Perigosas“) que muito mostra e pouco diz.

Apenas Deus Perdoa” tem uma história cheia de significado, mas uma direção que vai por um lado meramente estético e sem contato com a trama. O resultado não é ruim, mas a expectativa era bem maior.

Elenco:
Ryan Gosling
Kristin Scott Thomas
Vithaya Pansringarm
Gordon Brown
Yayaying Rhatha Phongam
Tom Burke
Sahajak Boonthanakit
Pitchawat Petchayahon
Charlie Ruedpokanon

Direção:
Nicolas Winding Refn

Produção:
Lene Børglum
Sidonie Dumas
Vincent Maraval

Fotografia:
Larry Smith

Trilha Sonora:
Cliff Martinez

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑