Mamma Mia! (EUA / Alemanha / Inglaterra, 2008)

Genre :

[youtube TIUYEgD-j_Q]

Quem diria que um musical iria ser o maior faturamento da Inglaterra em 2008! Não dá pra entender bem o porque, mesmo sendo algo alto astral, é light até demais. Se em “Across the Universe” (bem melhor, diga-se de passagem), os números eram baseados nas canções dos Beatles, em “Mamma Mia!“, é o mundo do ABBA explorado.

Baseada na peça homônima londrina de 1999, a narrativa acompanha numa ilha grega os preparativos do casamento de Sophie (Amanda Seyfried de “Conversando com os Mortos“), uma garota que não sabe que é seu pai, mas descobre no diário de sua mãe (Meryl Streep de “O Suspeito“) três possíveis candidatos. Assim, ela os convida secretamente para descobrir seu verdadeiro pai e fazer com que seja acompanhada por ele na entrada da igreja. Quando eles chegam, sem saber de nada sobre a possível filha, a mãe de Sophie tem uma síncope ao mesmo tempo em que seu coração fica dividido.

Quando o musical tem como pontos altos justamente as partes onde não toca música, algo deve estar errado. É certo que a performance do trio de atores, os pretendentes a pai Pierce Brosnan (“Encurralados“), Stellan Skarsgard (“Sombras de Goya“) e Colin Firth (“A Última Legião“) é ótima e agrega valor ao desempenho surpreendentemente jovial de Streep e ao carisma de Seyfried.

Porém os números são fracos com a coreografia sendo um dos maiores ofensores. Tudo fica meio sem energia, a não ser nas partes não cantadas. Os maiores destaques são para as conhecidas “Dancing Queen” e “Lay All Your Love on Me” (Seyfried é uma atração a parte, principalmente no primeiro ato). É o tipo de filme bonitinho, mas sem sal, cheio de clichês e com um final preisivelmente feliz.. Mesmo assim a única certeza é que todo mundo vai querer parar pra ver.

[rating:2.5]


Ficha Técnica

Elenco:
Amanda Seyfried
Meryl Streep
Stellan Skarsgard
Pierce Brosnan
Colin Firth
Rachel McDowall
Ashley Lilley
Julie Walters
Ricardo Montez
Christine Baranski

Direção:
Phyllida Lloyd

Produção:
Judy Craymer
Gary Goetzman

Fotografia:
Haris Zambarloukos

Trilha Sonora:
Stig Anderson
Björn Ulvaeus
Benny Andersson

 

1 Comment

Leave us a comment

  • Clayton
    on

    É. Eu assisti. Ponto pra mim junto a Esposa. Mas “va benne”, diverte e não força o pensamento, a não ser na dúvida cruel: O que Meryl Streep tomou para fazer este filme? Só pode estar dopada! A coreografia realmente foi feita pelo estagiário, mas já que vem com legendas, vale para ligar o videokê e matar saudade do ABBA. Com personagens tão rasos, até que o sorriso de Amanda encanta, além disso as paisagens são um ponto forte. Quanto aos demais, fora Meryl também, apenas Skarsgard veio trabalhar, o resto está, como diz o Aldo, no automático. Aliás, Colin Firth já fez essas caras e bocas mil e uma vezes. Vai direto para Sessão da Tarde, embora a bilheteria vá jogar esse filme pra tela quente fácil.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑