O Culto de Chucky (“Cult of Chucky”)

Genre : ,
Actor : , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2017

Talvez seja o melhor filme meia boca da saga.

Segue os fatos logo após “A Maldição de Chucky”: Nica (Fiona Dourif filha do dublador de Chucky, Brad Dourif) está num hospital psiquiátrico por ter sido acusada de matar os personagens do filme anterior. Eis que Chucky aparece por lá e faz a sua festa.

Muitas das lacunas da produção passada são respondidas nessa história, inclusive até justifica a existência dessa nova fase da saga, além de como o boneco conseguiu escapar e aparentemente estar em mais de um lugar ao mesmo tempo.

A explicação da multiplicação de Chucky é tão ridícula que chega a ser cômica (imagina um site do tipo “Vudú para Idiotas”), mas é justamente esse mote que transforma toda a maneira que o espectador vai ver a série. Além disso a entrada do mesmo Andy que era uma criança no filme da década de 80 e agora é um adulto que continua tendo um papel importantíssimo na saga, dá um gostinho ainda mais marcante. E por mais barata que seja a produção, as mortes sangrentas dão um show em muito terror que passa por aí nos cinemas. Só não mudou os efeitos especiais animatrônicos para o boneco que ainda são exatamente os mesmos de trinta anos atrás, o que não é necessariamente uma crítica.

É claro que o senso de humor às vezes é exagerado, beirando a tolice, além de um elenco de coadjuvantes fraquinho (com exceção da participação de Jennifer Tilly que está hilária), e a história que poderia ser mais polida em melhores mãos. Mas às vezes ninguém é melhor que o próprio criador Dom Mancini para fazer um filme ruim muito bom e aqui ele se supera na qualidade duvidosa, mas numa satisfação mais que garantida pelos fãs da série (que deve inclusive ir pra TV).

O Culto de Chucky” é motivo mais que suficiente do porque o remake de “Brinquedo Assassino” no ano passado foi um erro histórico. É a prova de que não se mexe em time que tá ganhando e às vezes nem em time que tá perdendo. Ah, ainda tem uma cena pós créditos!

Curiosidades:

– O diálogo da bala de mascar no hospital psiquiátrico é o mesmo do clássico “Um Estranho no Ninho” (1975), pois o diretor quis fazer uma homenagem ao filme que foi a estréia de Brad Dourif (que faz dubla o Chucky) no cinema.
– Há uma cena em que Chucky lamenta terem cancelado a icônica série “Hannibal”. O diretor Dom Mancini escreveu dois episódios da (inesperada) última temporada.
– O site “Vudú Para Idiotas” já havia sido mencionado pela personagem de Jennifer Tilly em “A Noiva de Chucky” de 1998.
– Na casa de Andy, ao lado do cofre pode-se ver o uniforme que ele usou em “Brinquedo Assassino 3”.

SPOILER – SÓ LEIA SE JÁ VIU O FILME!!!

– A personagem que aparece na cena pós créditos é a amiga de Andy de “Brinquedo Assassino 2” que na época era seu interesse amoroso e é interpretado pela mesma atriz!!!

Ficha Técnica

Elenco:
Alex Vincent
Brad Dourif
Fiona Dourif
Jennifer Tilly
Allison Dawn Doiron
Michael Therriault
Zak Santiago
Ali Tataryn
Marina Stephenson Kerr
Adam Hurtig
Grace Lynn Kung
Elisabeth Rosen
Summer H. Howell

Direção:
Don Mancini

Produção:
Ogden Gavanski
David Kirschner

Fotografia:
Michael Marshall

Trilha Sonora:
Joseph LoDuca

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑