Invasão de Privacidade (“I.T.”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country : , ,
Release Date : 2016

A última vez que um filme com esse título em português estreou nos cinemas brasileiros foi em 1993 e foi o filme que começou a levar a carreira de Sharon Stone para o buraco. Este agora – que nada tem a ver com outro a não ser as questão da provacidade – não chega a ser tão ruim assim, mas no mínimo desnecessário ou mais do mesmo.

O batido tema onde o mocinho acolhe um desconhecido e depois percebe que ele tem distúrbios mentais e daí é tarde demais, pois o vilão vai infernizar a vida de todos foi visto pela última vez no cinema no péssimo “O Garoto da Casa ao Lado”. Aqui – mais uma vez – não é tão ruim.

O eficiente e charmoso Pierce Brosnan de “Um Plano Brilhante” é Mike, o mocinho (ou nem tanto assim), rico dono de uma empresa de aviação prestes a lançar um app que faz com jatos particulares a mesma coisa que o Uber faz com os carros. Ele contrata um jovem para a área de TI, Ed (James Frecheville de “Amor Sem Pecado”) e acaba levando-o pra casa onde conhece sua esposa (Anna Friel de “Risco Imediato”) e filha (a delicinha Stefanie Scott de “Sobernatural 3”). E daí o óbvio: Ed fica obcecado pela filha de Mike, Mike dá um pé na bunda dele e o demite, Ed que é expert em informática, acaba virtualmente com a vida de Mike, até o confronto final.

Duas coisas funcionam muito bem: a primeira é o próprio protagonista, Brosnan, que realmente fica imbuído do espírito de fazer dar certo, mesmo que o roteiro por vezes dê uma rasteira fazendo nosso herói tomar decisões tão absurdas quanto estúpidas (logicamente sem elas o filme não iria durar meia hora). E os dois primeiros atos são até que consistentes e, tirando os delírios do diretor John Moore (“Duro de Matar 5”) em insistir que Ed pareça mais louco do que já é com uma trilha berrante e uma cenografia de sua casa sem muito sentido, o espectador consegue entender as motivações de ambos os personagens.

Já o que não funciona começa pela canastrice total de James Frecheville que interpreta um vilão caricato e sem expressividade nenhuma. E se nos dois primeiros atos o roteiro derrapava, no último ele se descontrola totalmente com um confronto final que termina numa cena esquisitíssima que quase parece um beijo gay e logo após um desfecho de quem claramente não sabia mais o que fazer. Completando com a fotografia escura demais de Ekkehart Pollack (“Gamer”) que deixa o público literalmente às cegas (sem trocadilho).

Invasão de Privacidade” é um amontoado de clichês que nem nosso ex James Bond consegue salvar. Pelo menos ele tenta.

Ficha Técnica

Elenco:
Pierce Brosnan
Anna Friel
Stefanie Scott
James Frecheville
Michael Nyqvist
Jason Barry

Direção:
John Moore

Produção:
Craig J. Flores
David T. Friendly
Beau St. Clair

Fotografia:
Ekkehart Pollack

Trilha Sonora:
Tim Williams

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑