Lady Bird: A Hora de Voar (“Lady Bird”)

Porque Lady Bird é um dos melhores filmes de chegada da adolescência do seu tempo? Porque ele foi indicado ao Oscar? Poderia ter sido mais uma dramédia adolescente, mas a diretora estreante Greta Gerwig (atriz conhecida de filmes independentes, como “Jackie”) tomou a melhor decisão sobre como conceber a obra e fez uma “deshollywoodização”: significa que, apesar de mostrar sim o estereótipo de uma adolescente, ela tirou as convenções que permearam o gênero desde sempre, a começar pela protagonista Saoirse Ronan (“Minha Nova Vida”) que atua sem maquiagem e deixando a mostra suas acnes.

Ela é Christine, a própria Lady Bird, adolescente obviamente rebelde que, como muitas, quer sair de sua cidadezinha para ganhar o mundo e – essa é a melhor parte – tem uma conflitante relação com sua mãe (Laurie Metcalf, dubladora em “Toy Story 3”). Não é a toa que ambas foram indicadas ao Oscar de melhor atriz e melhor atriz coadjuvante respectivamente. A dinâmica entre as duas é não só impecável como parece representar o verdadeiro amor turbulento entre mãe e filha numa idade de transição. A cena da loja com o vestido (aparece em alguns trailers) é desde já emblemática nesse sentido.

O desenho da personalidade da protagonista foi outro ponto positivo, pois apesar de ser a heroína de sua própria vida, ela também é egocêntrica e a maneira que ela transmite sua imaturidade varia entre o humor e o drama sem que precise ser rotulado. Os coadjuvantes (resto da família, melhor amiga, namorados) agregam valor à trama e não simplesmente a povoam.

A diretora defendeu um estilo que deve dividir opiniões ao utilizar de rápidas esquetes para transmitir a passagem do tempo, ou seja, cenas curtas (com raras exceções) sempre com uma punch line (mini clímax de humor ou drama através de uma frase). Seu tipo de humor – que nem todo mundo vai pegar – é daqueles em que quanto mais sério se conta a piada, mais engraçada ela fica. E o timing cômico do elenco está afiadíssimo.

Lady Bird” é uma aula de construção de personagem que o faz com muito bom humor e interpretações dignas de indicações.

Ficha Técnica

Elenco:
Saoirse Ronan
Laurie Metcalf
Tracy Letts
Lucas Hedges
Timothée Chalamet
Beanie Feldstein
Lois Smith
Stephen Henderson
Odeya Rush
Jordan Rodrigues
Marielle Scott
John Karna
Jake McDorman
Bayne Gibby
Laura Marano

Direção:
Greta Gerwig

Produção:
Eli Bush
Evelyn O’Neill
Scott Rudin

Fotografia:
Sam Levy

Trilha Sonora:v
Jon Brion

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑