Millennium: A Garota na Teia de Aranha (“The Girl in the Spider’s Web”)

Depois que o autor da trilogia Milennium, Steg Larson, faleceu em 2004, ele deixou notas para sua ex-esposa (na época eles estavam separados) de mais sete livros. Esta então – muito esperta – contratou outro autor, David Lagercrantz, cujo produto final foi lançado há alguns anos, e essa é a obra dessa adaptação.

É ao mesmo tempo a continuação do rebbot americano de “Os Homens que Não Amavam as Mulheres” e um reboot em si mesmo, pois todos os personagens são interpretados por outro elenco.

Lisbeth Salander que foi eternizada pela sueca Noomi Rapace e que no reboot americano foi até que bem representada Rooney Mara, agora tem a forte Claire Foy (“O Primeiro Homem”) como protagonista. Ela é contratada por alguém misterioso para roubar um software super secreto, mas acaba sendo perseguida por uma perigosa organização que tem a ver com o seu passado e com a sua irmã. Daí ela pede ajuda a seu velho amigo Mikael Blomkvist.

Aí começa o primeiro problema: para dar um protagonismo ainda maior à Lisbeth, contrataram um ator apagadíssimo, o desconhecido Sverrir Gudnason, que acaba funcionando como nada mais que um mero coadjuvante, diferindo bastante do livro. Lembrando que o personagem sempre ficava em pé de igualdade com Lisbeth e que já foi interpretado pelos ótimos Michael Nyqvist e Daniel Craig.

O diretor Fede Alvarez do ótimo “O Homem das Trevas” e os roteiristas enxertaram uma série de cenas novas que não existe no livro para dramatizar e dar mais dinamicidade à produção. Algumas perseguições e explosões ou cenas de ação em geral foram inseridas ou potencializadas para dar esse efeito mais impactante.

Por um lado, o senso da filmagem, edições e essas cenas de ação vitaminadas tem um ótimo resultado, principalmente com a fotografia de Pedro Luque, que acmpanha Alvarez em seus filmes e dessa coloca uma claustrofóbica neve sueca quase como um personagem também. Por outro, seus realizadores parecem ter se baseado em vários clichês do gênero, tornando o filme previsível e de certa forma até repetitivo em algumas partes.

Mas isso não prejudica o resultado final o que torna esse episódio da série Millenium um exemplar de ação e suspense muito bom, com ótimos altos e alguns baixos e que merece um trabalho no mínimo do mesmo nível numa próxima.

Ficha Técnica

Elenco:
Claire Foy
Sverrir Gudnason
Sylvia Hoeks
Lakeith Stanfield
Stephen Merchant
Vicky Krieps
Mikael Persbrandt
Claes Bang
Andreja Pejic
Christopher Convery
Synnøve Macody Lund
Anja Karmanski

Direção:
Fede Alvarez

Produção:
Eli Bush
Elizabeth Cantillon
Berna Levin
Amy Pascal
Scott Rudin
Søren Stærmose
Ole Søndberg

Fotografia:
Pedro Luque

Trilha Sonora:
Roque Baños

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑