Punhos de Sangue (“Chuck”)

Genre :
Actor : , , , , ,
Director :
Country :
Release Date : 2016

Grata surpresa saber que fizeram um filme sobre o lutador que inspirou Sylvester Stallone a fazer o premiado Rocky, que iria lhe alçar à fama tida até hoje. Mas a resenha não é sobre Sly, apesar desse ser um “detalhe” que faz toda a diferença na história.

Philippe Falardeau, indicado ao Oscar de 2012 pelo Canadense “Monsieur Lazhar”, dirige Liev Schreiber de “Um Dia de Chuva em Nova York” como Chuck Wepner, lutador peso pesado que obteve fama após aguentar 15 rounds com o ícone Muhammad Ali. Casado com Phyllis (Elisabeth Moss de “O Homem Invisível”) nunca foi marido exemplar e viu sua vida profissional e pessoal entrarem em decadência ao se tornar viciado em cocaína, bebida e mulheres.

O roteiro tem uma estrutura linear e acerta em não ousar na subjetividade, colocando o pé na realidade e se preocupando mais com a sequencia de eventos e desenvolvimento de personagens. O diretor também segue o mesmo modus operandi e tem a mão firme no ritmo consistente, primando pelos bons aspectos técnicos como o design de produção, cenografia e figurino, enquanto o elenco está ótimo: a química disfuncional de Schreiber e Moss está afiada, a participação de Naomi Watts (“A Hora do Lobo”) agrega ainda mais valor à trama (ela e Schreiber eram casados na vida real, mas se separaram pouco depois das filmagens), e ainda tem personagens icônicos como o próprio Stallone vivido por Morgan Spector de “Christine” e curiosidades interessantes que só dá pra descobrir através dessa obra.

Punhos de Sangue” fala de um drama pessoal que não é dos mais originais, mas é tão bem executado e tem o “detalhe” de Rocky e Hollywood que faz o filme subir de patamar com todos os seus elementos perfeitamente equilibrados.

Curiosidades:

– James Brown canta antes da luta de Chuck. Ele também canta em “Rocky IV”.
– Há uma cena em que Chuck elogia a foto na carteira de motorista da personagem de Watts. Só que as carteiras de motoristas americanas só passaram a ter fotos em 1990 e a cena se passa na década de 70.
– Cena com semáforo de pedestres aparecendo no fundo. A cena se passa em 1975, mas esse tipo de semáforo só foi colocado em Nova York a partir de 1979.
– Uma das coisas que o filme não mostra é que mesmo depois que Chuck falha na audição para “Rocky II”, Stallone prometeu a ele um papel em um de seus filmes, mas a promessa nunca foi cumprida.
– Ao contrário de Chuck, o ator que o interpreta Liev Schreiber participou da saga “Rocky” em “Creed” como um dos narradores da luta.
– Há uma cena em que Chuck decide não falar com Stallone nas filmagens de “Condenação Brutal”. Na vida real ele falou sim e Stallone falou para quem estava em volta que Chuck era o verdadeiro Rocky Balboa.

Ficha Técnica

Elenco:
Liev Schreiber
Elisabeth Moss
Ron Perlman
Naomi Watts
Jim Gaffigan
Michael Rapaport
Pooch Hall
Morgan Spector
Jason Jones
William Hill
Wass Stevens
Kelvin Hale
Megan Sikora

Direção:
Philippe Falardeau

Produção:
Lati Grobman
Carl Hampe
Liev Schreiber
Michael Tollin

Fotografia:
Nicolas Bolduc

Trilha Sonora:
Corey Allen Jackson

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑