Doutor Sono (“Doctor Sleep”)

Genre :
Actor : , , ,
Director :
Country : ,
Release Date : 2019

Baseado na obra do mestre do terror Stephen King, “Doutor Sono” são dois filmes diferentes. O primeiro, diria a essência, é sobre um culto satânico liderado pela misteriosa Rose (Rebecca Ferguson de “MIB: Homens de Preto – Internacional”) que mata crianças com poderes sobrenaturais para saciar sua fome de vida quase eterna, até que se deparar com a poderosíssima pré adolescente Abra (a ótima estreante Kyliegh Curran).

O outro filme é o molde e esse sim é a continuação do clássico de Stanley Kubrick de 1980 “O Iluminado”: Danny, o sobrevivente dos eventos do icônico Hotel Overlook agora já é adulto e interpretado por Ewan McGregor de “Nosso Fiel Traidor”. Ele chama seus poderes paranormais do que já conhecemos como iluminações (daí vem o título do clássico). Quando por acaso ele e Abra se conectam, ele percebe que precisa proteger a menina dessa seita macabra e isso pode significar por sua própria vida em risco o voltar para o lugar mais assustador de seu passado.

Agora o que faz o filme subir de patamar é a maneira que King e o diretor craque em filmes de terror Mike Flanagan de “O Sono da Morte” encaixam essas duas tramas para fazerem parecer algo fluido e conciso, isto é, como eles encaixam o molde na essência.

É quase que imprescindível que o espectador tenha visto “O Iluminado” para poder aproveitar 100% essa sequência, apesar de, na essência, o filme ser bem entendido. É excelente ver as consequências e marcas do passado no psicológico de Danny e ainda mais surpreendente remontar sequencias do filme original, principalmente no início, revezando até com atores bem parecidos com o elenco antigo. O roteiro é esperto em correlacionar as entidades do hotel com a seita, como sendo ambos de criaturas sedentas desse poder dos iluminados. Se há furos de narrativa (ok, há um ou outro), eles são bem escondidos ou ofuscados por eventos maiores.

O desenvolvimento dos personagens evolui bem e podemos sentir a conexão do protagonista com seu passado, bem como a insegurança de Abra por ser tão jovem e, ainda assim, tão poderosa e determinada.

Tecnicamente a produção é impecável, seja nos efeitos especiais, na reconstituição de época, nos ótimos travellings e ângulos de câmera e até mesmo na ótima trilha sonora dos irmãos Newton de “Rota de Fuga 2”.

Doutor Sono” fecha um grande e icônico ciclo em que os cinéfilos vão se deliciar, além de conseguir ser aderente com uma história a parte sem parecer estar forçando uma barra. Digno de nota!

Curiosidades:

– O próprio autor Stephen King disse que gostou mais da adaptação de Doutor Sono do que de O Iluminado.
– O escritório onde Danny faz a entrevista de emprego é uma reprodução exata do escritório onde Jack Torrance (Jack Nicholson) faz a entrevista para ir no Hotel Overlook no filme original.
– A revista que Danny lê no hospital numa rápida cena (onde o gato entra num quarto vazio) é um exemplar da PLaygirl de 1978, a mesma que Jack Torrance lê no lobby do Hotel Overlook de “O Iluminado”.
– A cena que mostra a viagem de Danny e Abra para o Hotel Overlook pelas montanhas na verdade são cenas de “O Iluminado” onde Jack e a família vão para o hotel. Elas foram digitalmente modificadas para se parecer à noite e nevando.
– O número da casa de Abra é 1980, ano de lançamento de “O Iluminado”.
– O chapéu de Rose é uma analogia ao Chapeleiro Louco de Alice no País das Maravilhas, história do qual o autor Stephen King é fã.
– Danny Lloyd, o ator que interpretou o menino Danny em “O Iluminado” faz uma ponta como um espectador na cena do jogo de beisebol.
– Na cena em que Abra e Danny se encontram pessoalmente ela diz pra ele que se perguntarem, pode dizer que ele é tio dela e daí ele diz que é realmente seu tio. No livro isso é mais explorado e se descobre que a mãe de Abra é meia irmã de Danny por conta de um caso extraconjugal de Jack nos anos 70.
– No hotel tem apenas um ítem adicional que não havia no filme original: o diretor Mike Flanagan colocou o espelho de seu filme “O Espelho” na entrada do salão dourado.
– Na cena do cinema, o filme que está passando é Casablanca. O no livro, o filme é Caçadores da Arca Perdida.

SPOILERS – LEIA APENAS SE JÁ TIVER VISTO O FILME!

– A performance do ator mirim Jacob Tremblay na cena de sua morte foi tão visceral que Rebecca Ferguson constantemente esquecia suas falas, pois não imaginava uma criança entrando tanto no personagem. Quando finalmente a cena foi concluída, Jacob se levantou achando graça, deu um high five para o pai dele no set e foi comer, deixando todos os outros atores chocados.
– O final de “Doutor Sono” é como realmente o livro “O Iluminado” termina: com o hotel sendo destruído. Inclusive o diálogo entre Abra e Danny sobre a face oculta é a reprodução exatada do diálogo entre Danny e Jack no livro.

Ficha Técnica

Elenco:
Ewan McGregor
Rebecca Ferguson
Kyliegh Curran
Cliff Curtis
Zahn McClarnon
Emily Alyn Lind
Selena Anduze
Robert Longstreet
Carel Struycken
Catherine Parker
James Flanagan
Met Clark
Zackary Momoh
Jocelin Donahue
Dakota Hickman

Direção:
Mike Flanagan

Produção:
Jon Berg

Fotografia:
Michael Fimognari

Trilha Sonora:
The Newton Brothers

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑