O Bebê de Bridget Jones (“Bridget Jones’s Baby”)

Genre : ,
Actor : , ,
Director :
Country : , , ,
Release Date : 2016

Depois de um hiato de quase sete anos nos cinemas brasileiros (depois de “Caso 39”), Renée Zellweger volta para o papel que lhe deu fama após ser descoberta em 1996 com “Jerry Maguire: A Grande Virada”.

Quinze anos depois de ter encarnado personagem título ela volta à pele de Bridget Jones, agora com 43 anos, em forma, mas ainda com situação amorosa indefinida. Se alguém se pergunta onde estaria seu amor, o Sr. Darcy (Colin Firth de “Antes de Dormir”), o roteiro deu uma solução meio desajeitada, onde mais uma vez o romance deles não deu certo.

Enfim, ela vai num festival de música e conhece o charmoso Jack (Patrick Dempsey de “Assalto em Dose Dupla”) e transa com ele. Uma semana depois, tem uma recaída com Darcy e também transa com ele. O resultado é óbvio para uma comédia romântica: ela fica grávida, não sabe quem é o pai e daí a confusão começa.

A diretora Sharon Maguire que também dirigiu o original de 2001, pegou o manual de comédias inglesas e colocou todos os clichês possíveis e imagináveis e piadas calejadas mesmo com nova roupagem. Surpreendentemente elas funcionam até que bem devido ao carisma do trio de protagonistas que aparentemente nasceram para esses personagens. E nesse manual ela toma a decisão acertadíssima de colocar uma participação especial de Ed Sheeran que traz a reboque suas músicas sempre perfeitas para esse gênero além da brilhante atuação de Emma Thompson (“Um Plano Brilhante”) que rouba todas as cenas como a obstetra de Bridget Jones.

E o golpe deliciosamente baixo fica por conta da retrospectiva da trilogia em flashbacks quando verificamos como os anos afetaram os personagens, dando-lhes contornos mais maduros e ativando o emocional do público.

O Bebê de Bridget Jones” seria desnecessário, não fosse a aura que a história e seus personagens criaram, fazendo o espectador querer acompanhar suas vidas até serem felizes para sempre. Ou até a próxima continuação.

Curiosidades:
– A trilogia cinematográfica de Bridget Jones foi a única série do gênero comédia romântica em que todos os seus capítulos foram dirigidos por mulheres.
– Além de atuar Emma Thompson escreveu parte do roteiro.
– A único capítulo que não é baseado nos livros de Helen Fielding, tendo sido um roteiro original. Entretanto, o filme se situa entre o segundo e o terceiro livro “Bridget Jones: Louca Pelo Garoto”.
– Foram filmados três desfechos diferentes e os próprios atores só souberam qual foi usado quando o filme foi lançado.
– Foi o capítulo da série com a maior arrecadação cinematográfica no fim de semana de estreia na Inglaterra e a menor arrecadação nos EUA.

Ficha Técnica

Elenco:
Renée Zellweger
Colin Firth
Patrick Dempsey
Gemma Jones
Jim Broadbent
Sally Phillips
Julian Rhind-Tutt
Shirley Henderson
Ben Willbond
Paul Bentall
Agni Scott
Patrick Malahide
Kate O’Flynn
James Callis
William Joseph Firth
Ed Sheeran
Darren Boyd
Jessica Hynes
Dolly Wells

Direção:
Sharon Maguire

Produção:
Tim Bevan
Eric Fellner
Debra Hayward

Fotografia:
Andrew Dunn

Trilha Sonora:
Craig Armstrong

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑