Truque de Mestre: O 2º Ato (“Now You See Me 2”)

São poucas as continuações que conseguem mudar totalmente a concepção do seu antecessor. E se há uma proeza ou destaque a ser citada neste 2º ato do original “Truque de Mestre” é isso: mostrar que muito do que achávamos que sabíamos estava errado.

Com todos os personagens de volta, os Cavaleiros (pra quem não lembra, os mocinhos) passam um ano aguardando instruções de seu líder Dylan (Mark Ruffalo) enquanto o impaciente Atlas (Jesse Eisenberg) começa a questionar a sua liderança. Até que chega o momento do próximo trabalho e com um novo membro feminino no time, Lula (Lizzy Caplan de “A Entrevista” que substitui Isla Fisher por conta de sua gravidez), eles preparam um show para desmascarar um grande magnata da tecnologia, mas dá tudo errado e acabam prisioneiro do misterioso Walter (Daniel Radcliffe, nosso eterno Harry Potter, ironicamente se envolvendo mais uma vez com mágica) e para escaparem precisam roubar um importante chip que pode controlar toa a comunicação mundial.

O roteiro não só dá um frescor à continuação, como também muda a química de interação entre os personagens, principalmente entre os arqui-inimigos Dylan e Thaddeus (Morgan Freeman), este último até então preso como mostrado no antecessor. Também faz com que o espectador fique um pouco mais esclarecido que o primeiro em relação a como certos truques são executados e o convida a sempre olhar as cenas por vários ângulos. O maior exemplo disso é uma frase dita logo no início do filme e repetida ipsis litteris no final, mas com um significado completamente diferente.

A direção de Jon M. Chu (“G.I Joe 2: Retaliação“) tenta sanar alguns dos problemas do original e até consegue parcialmente. Um deles se refere às mágicas que são verdadeiramente impossíveis e que dessa vez realmente diminuíram em quantidade. Mas ainda existem algumas tão absurdas que o público consegue ver o efeito digital usado devido à inviabilidade (exemplos no próprio trailer: quando um dos personagens desaparece apenas por cair no chão molhado e outro desaparece numa nuvem de cartas).

Se o elenco dos cavaleiros perde em expressividade, o destaque vai para Woody Harrelson que ganhou um irmão gêmeo do mal que está impagável e perfeito como alívio cômico.

O 2º ato dessa trilogia (sim, será uma trilogia) tem um desfecho com um belo toque de emoção e bastante chamativo, além de superar facilmente o original, provando que sempre há esperança no fim do túnel cinematográfico.

Ficha Técnica

Elenco:
Jesse Eisenberg
Mark Ruffalo
Woody Harrelson
Dave Franco
Daniel Radcliffe
Lizzy Caplan
Jay Chou
Sanaa Lathan
Michael Caine
Morgan Freeman
David Warshofsky
Tsai Chin
William Henderson
Richard Laing

Direção:
Jon M. Chu

Produção:
Alex Kurtzman
Roberto Orci

Fotografia:
Peter Deming

Trilha Sonora:
Brian Tyler

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑