X-Men: Fênix Negra (“Dark Phoenix”)

A saga dos X-Men finalmente chegou ao fim. Mas não foi agora. Foi em 2014 com o sensacional “X-Men: Dias De Um Futuro Esquecido”. Isso pra quem gosta de um final feliz. Ou em 2017 com “Logan”, um dos melhores filmes de super-herói de todos os tempos – pra quem gosta de um final mais dramático.

Depois disso, tudo o que foi feito foi pra cumprimento de contrato do elenco e com qualidade bastante duvidosa em comparação aos outros. Nessa se enquadram “Apocalipse” e agora esse “Fênix Negra”.

Com uma preguiça generalizada para criar algo novo, o filme se volta para o mesmo tema tratado em nas partes 2 e 3 da primeira trilogia dos “X-Men”, onde Jean Grey se torna a Fênix Negra. Tudo bem que aqui é um pouco diferente onde ela absorve uma força cósmica que ninguém consegue explicar (nem o roteiro) e começa a ter dúvidas sobre quem ela é, vendo seu poder destrutivo crescer a cada minuto. Nesse meio tempo alienígenas que ninguém sabe explicar de onde vieram (nem o roteiro) vem para a terra e chefiados pela misteriosa Vuk (Jessica Chastain de “A Grande Jogada”) tentam capturar Jean para poder controlar essa força misteriosa.

Todas as questões existenciais e conflitos existentes entre mutantes e humanos são tratados aqui da forma mais rasa possível, chegando ao ponto de não termos um protagonista relevante (nem Jean Grey). Nenhuma cena memorável ou épica e são pouquíssimas aquelas em que os X-Men demonstram seu poder em sua plenitude (talvez apenas uma com Magneto num vagão de trem). É como se estivéssemos vendo a um episódio destacado de qualquer linha narrativa, mas que coincidentemente estrelassem os mesmos atores. E olha que são 132 minutos pra contar uma história e parece que pouco acontece e menos ainda se esclarece.

X-Men: Fênix Negra” é um triste final para uma saga que abriu caminho para todo o universo dos super-heróis como são hoje, inclusive “Vingadores” e até mesmo os heróis da DC. Sem dúvida, Charles, Eric, Raven e cia mereciam mais consideração.

Ah, não tem cenas pós créditos. Amém.

Curiosidades:

– O filme se passa em 1992, quando foi lançado a série de desenhos do X-Men.
– Primeiro filme dos X-Men onde o Wolverine não aparece e sequer é citado.
– Terceiro filme em que James McAvoy precisa raspar a cabeça.
– O final do filme quis fazer uma referência com o desfecho de “X-Men 3: O Confronto Final” (que por sinal tem o plot semelhante).
– Três filmes sobre mutantes foram filmados ao mesmo tempo e no mesmo estúdio: “Fênix Negra”, “Deadpool 2” (por isso há uma participação especial e rapidinha do elenco de X-Men) e “Novos Mutantes” que deve estrear no segundo semestre.

Ficha Técnica

Elenco:
James McAvoy
Michael Fassbender
Jennifer Lawrence
Nicholas Hoult
Sophie Turner
Tye Sheridan
Alexandra Shipp
Evan Peters
Kodi Smit-McPhee
Jessica Chastain
Scott Shepherd
Ato Essandoh
Brian d’Arcy James
Halston Sage
Lamar Johnson

Direção:
Simon Kinberg

Produção:
Todd Hallowell
Simon Kinberg
Hutch Parker
Lauren Shuler Donner

Fotografia:
Mauro Fiore

Trilha Sonora:
Hans Zimmer

 

No Comments

Leave us a comment

No comment posted yet.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑