O Aventureiro: A Maldição da Caixa de Midas (“The Adventurer: The Curse of the Midas Box”)

Genre :
Actor : , , , ,
Director :
Country : , ,
Release Date : 2013

É uma espécie de “Indiana Jones” de pobre. É um “A Lenda do Tesouro Perdido” piorado. Chega até ser uma surpresa que uma produção meia boca como essa tenha atores do calibre de Michael Sheen (“Longe Deste Insensato Mundo”), Lena Headey (“300”) e Sam Neill (“Rota de Fuga”). Mas eles funcionam apenas como coadjuvantes de luxo que provavelmente não leram o roteiro.

Baseado na trilogia literária de G.P. Taylor, o verdadeiro protagonista que já tem um nome esquisito – Mariah Carey Mundi (sim, é um homem) – e o ator é mais esquisito ainda: o desconhecido Aneurin Barnard que faz uma ponta em “A Grande Ilusão” tem um rosto que mistura Brandon Fraser com Cate Blanchett usando uma peruca do Bob Dylan. Com olheiras do tamanho do mundo e uma canastrice do tamanho de suas olheiras, ele perde seus pais e irmãos por causa de um vilão (Neill) que está em busca da tal Caixa de Midas, o que o leva para uma ilha distante, sendo ajudado pelo excêntrico Charity (Sheen).

Apesar de um design de produção bem feito, todo o resto parece ter sido feito sem dar a menor importância, a começar pelo elenco. Se o protagonista é um desconhecido e péssimo ator, tudo bem. Mas na própria projeção fica latente que nem ele nem ninguém parece levar a sério a trama (ou o fiapo dela), com atuações quase circenses com Sheen lembrando até um Renato Aragão nos bons tempos. E nem vou falar no insosso interesse romântico de Mariah, cujo relacionamento parece mais esquisito que o do Sheldon Cooper de “The Big Bang Theory”.

As cenas de ação são uma piada e a direção de Jonathan Newman (do fraquíssimo “Intercâmbio de Casais”) não dá a mínima para elementos como continuidade ou uma boa edição. A única cena que vale a pena de se ver é a que se passa durante os créditos finais, denotando uma continuação.

Esse “O Aventureiro” é uma fraude que começa sem rumo e consegue se perder ainda mais rumo ao final.

Ficha Técnica

Elenco:
Michael Sheen
Lena Headey
Sam Neill
Ioan Gruffudd
Aneurin Barnard
Keeley Hawes
Tristan Gemmill
Daniel Wilde
Mella Carron
Xavier Atkins
Felix Mundi
Oliver Stark
Sule Rimi

Direção:
Jonathan Newman

Produção:
Peter Bevan
Ibon Cormenzana
Ignasi Estapé
Karl Richards

Fotografia:
Unax Mendia

Trilha Sonora:
Fernando Velázquez

 

2 Comments

Leave us a comment

  • Roberta
    on

    Para crianças é bom… Aliás… o que vc faria melhor? Com tantas críticas, e tão duras, você deve ser o tal do expert

    • Aldo
      on

      Taí… De repente para crianças pode ter seu charme. Como não sou criança, tive que ver pelos meus olhos mesmo. Sou apenas um cara que vê muitos filmes e criou um blog pra comentar sobre eles. Se fosse um expert, eu tava ganhando rios de dinheiro fazendo filmes ruins como este. Aliás, você já achou algum filme ruim na vida? Pois é… saiba que esse filme que você achou ruim, com certeza alguém gostou. E se você comentasse e encontrasse com esse alguém, quem seria o expert? Mesmo assim, obrigado pela visita e venha mais vezes, pois tem filmes bastante elogiados por aqui.

Leave a Comment

↑ BACK TO THE TOP ↑